Goiás derrota Coritiba na Serrinha e Vila Nova empata com Novohorizontino em São Paulo

Pedro Raul fez um único gol da partida garantindo o trunfo do Verdão na Serrinha

Da Redação
30/07/2022 - 22:03
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Goiás derrota Coritiba na Serrinha e Vila Nova empata com Novohorizontino em São Paulo

Pedro Raul fez um único gol da partida garantindo o trunfo do Verdão na Serrinha

Coritiba foi tecnicamente  melhor que o time Esmeraldino, mas saiu derrotado e mais próximo do Z4 do Brasileirão. A equipe do Paraná iniciou criando várias chances com muito perigo ao gol de Tadeu. Em uma delas, aos 11 minutos, Alef Manga recebe lançamento e tentou por cobertura, na saída do goleiro. A bola passou perto do travessão.

Aos 15, o Goiás respondeu com Pedro Raul, que mesmo em impedimento, chuta para o gol e Muralha faz a defesa.

Os times ainda continuaram a explorar os campos ofensivos na primeira etapa. Pelo lado do Coxa, Adrián Martinéz levou perigo ao finalizando de dentro da área; pelo lado do Goiás, Pedro Raul vê Maguinho e toca, o lateral joga o sapato e a bola passa perto do travessão.

Já no fim da primeira etapa, o alviverde paranaense voltou a assustar com Guillermo de los Santos, que finaliza à queima-roupa após cobrança de escanteio e Tadeu faz grande defesa.

Aos 44 minutos, Alef Manga bateu de primeira após cruzamento de Igor Paixão, obrigando o arqueiro esmeraldino a fazer outra grade defesa.

Segundo Tempo

A segunda etapa foi totalmente diferente. Dessa vez, os goianos saíram para o jogo em busca do gol.

Aos 20 minutos, Tadeu puxa o contra-ataque e lança Pedro Raul, que da entrada da área bate cruzado. A bola passa muito perto do gol de Muralha. Cinco minutos depois, o camisa 11 goiano recebe cruzamento na área e cabeceia forte. Muralha faz boa defesa.

Com 33 minutos jogados, o Coritiba chega com Igor Paixão, depois de receber belo passe de Léo Gamalho. Ele chutou para o gol, mas não deu em nada.

No minuto seguinte, o Goiás sai para o ataque, Danilo Barcelos cruza na área, Dadá Belmonte tira uma casquinha de cabeça e Pedro Raul, livre, faz um único gol da partida. Goiás 1 a 0.

Ainda deu tempo para um cartão vermelho: Egídio foi expulso após o VAR revisar o lance em que deu uma cotovelada em Maguinho.

Mesmo sendo praticamente superior em grande parte do primeiro tempo, o Coritiba novamente sucumbiu diante de um adversário direto contra o rebaixamento e pode terminar a rodada dentro do Z-4.

Próximos jogos

Na próxima rodada, o Goiás visita o Palmeiras. O jogo será no próximo domingo (07/08), no Allianz Parque, às 16 horas.

O Coritiba recebe o Santos na segunda-feira (08), no Couto Pereira, às 20 horas.

Ficha Técnica Goiás 1×0 Coritiba
Local: Estádio Hailé Pinheiro (Goiânia). Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ/Fifa). Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ/Fifa) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ). Renda: R$ 169.900,00. Público pagante: 9.446. Expulsão: Egídio (C) 40’ do 2º tempo. Cartões amarelos: Magno Silva(6) (G); Willian Farias e Adrián Martínez (C). Gol: Pedro Raul(11) 34’ do 2º tempo.
Goiás: Tadeu(20)/(89), Magno Silva(17), Lucas Halter(1)(34) (Danilo Cardoso(2)), Caetano(16) e Juan Pablo(4) (Danilo Barcelos(15)); Auremir(10) (Caio Vinícius(15)), Diego(17), Vinícius(12) (Henrique(4)) e Dadá Belmonte(18); Nicolas(13) (Renato Jr.(9)) e Pedro Raul(18). Técnico: Jair Ventura(19).
Coritiba: Muralha, Matheus Alexandre, Guillermo de Los Santos (Régis), Henrique e Egídio; Luciano Castán, Willian Farias, Bruno Gomes (Jesús Trindade) e Igor Paixão; Adrián Martínez (Léo Gamalho) e Alef Manga. Técnico: Gustavo Morinigo.

Tigrão cede empate nos acréscimos, e se mantém na laterna da Série B

Com um gol nos acréscimos do segundo tempo, o Novorizontino conquistou um importante empate que manteve o Vila Nova-GO na lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro. Em um dos jogos que fechou a 21ª rodada neste sábado, o time paulista viu os adversários saindo na frente ainda no primeiro tempo, mas conseguiu empatar por 1 a 1 no estádio Jorge Ismael de Biasi.

Com o resultado, o Novorizontino se manteve na parte intermediária da tabela, na 11ª colocação com 27 pontos. Já o Vila Nova segue na lanterna da competição com apenas 18 pontos em 21 jogos e está há três pontos do Operário-PR, que tem 21 e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Ficha Técnica Novohorizontino 1×1 Vila Nova

Local: Estádio Jorge Ismael de Biasi (Novo Horizonte). Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA). Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA/Fifa) e Jucimar dos Santos Dias (BA). Renda: R$ 27.680,00. Público pagante: 1.558. Expulsão: Alex Silva(2/1) (VN) 40’ do 2º tempo. Cartões amarelos: Danielzinho e Wálber (N); Willian Formiga(1), Arthur Rezende(8), Neto Pessoa(1) e Diego Tavares(1) (VN). Gols: Neto Pessoa(1) 42’ do 1º tempo. Bruno Costa (N) 46’ do 2º tempo.
Novorizontino: Lucas Frigeri, Danielzinho, Wálber (Rômulo), Rodolfo Filemon e Romário (Reverson); Ligger, Gustavo, Ronald (Welliton) e Douglas Baggio (Cléo Silva); Quirino (Bruno Costa) e Ronaldo. Técnico: Rafael Guanaes.
Vila Nova: Tony(13)/(14), Alex Silva(15), Rafael Donato(19)/(50), Alisson Cassiano(8) e Willian Formiga(15)/(47) (Jefferson(6)); Ralf(15), Arthur Rezende(19)/(53) (Marlone(5)) (Moacair(10)), Romário(4) e Matheus Souza(2) (Diego Tavares(15)); Neto Pessoa(2)(33) (Daniel Amorim(15)) e Pablo Dyego(21). Técnico: Allan Aal(5).

Com informações da FGF  e agências