Alunos da Escola Municipal Parque Flamboyant participam da preparação da festa junina

Para preservar a saúde das crianças e servidores a festa não contará com a presença de pessoas externas a unidade escolar, mas atividades lúdicas manterão vivas a criatividade dos alunos para o festejo típico deste mês do ano

Da Redação
08/06/2022 - 18:23
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Alunos da Escola Municipal Parque Flamboyant participam da preparação da festa junina

Para preservar a saúde das crianças e servidores a festa não contará com a presença de pessoas externas a unidade escolar, mas atividades lúdicas manterão vivas a criatividade dos alunos para o festejo típico deste mês do ano

O mês mais festivo do ano chegou na Rede Municipal de Educação de Aparecida de Goiânia (RME). Em 2022, as Festas Juninas voltam a ser comemoradas nas unidades de ensino do município, algumas no formato presencial, com a presença do público e em outras somente com os alunos e servidores das escolas e CMEIs, como no caso da Escola Municipal Parque Flamboyant. Nesta manhã alunos e professores produziram as decorações para o festejo junino, que por conta dos riscos de contaminação pelo coronavírus, será somente realizado no próximo dia 11, a partir das 8 horas, sem a presença de convidados externos.

Os 142 alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I estão empenhados na produção de todo o material que será utilizado para enfeitar as dependências da unidade de ensino. As crianças menores (do Agrupamento V), por exemplo, resolveram homenagear o artista plástico Alfredo Volpi reproduzindo bandeirinhas inspiradas no artista. A aluna Isabela Modesto, 5, contou que está aprendendo muito sobre o artista e também está se divertindo na produção da decoração. “Eu e meus amigos já fizemos várias bandeirinhas que serão espalhadas por toda a escola, que vai ficar super colorida”, comentou a criança.

Os estudantes do Ensino Fundamental I, por sua vez, ficaram responsáveis pela construção de um cenário que reproduz um milharal, que terá até um espantalho. Já os alunos do 2º e 3º anos estão encarregados de montar as barraquinhas juninas e fazer a decoração em flores, bem ao estilo das festas no campo. “Estamos fazendo todo o cenário, mesmo que nossa escola não tenha uma grande festa, ficará toda decorada, no clima junino. Nós fizemos várias fogueiras de madeira que serão entregues aos pais”, contou Sofia Alves, aluna do 3º ano.

Além das atividades decorativas, durante o período de comemorações, a escola incluirá na merenda escolar alimentos típicos das Festas Juninas. A ideia, segundo a diretora da unidade, professora Ronnia Gerlane, é não deixar que o aluno perca de vista o clima da festa, que será realizada na forma tradicional, quando finalmente o coronavírus não representar mais uma ameaça à saúde da população.

“Por conta do aumento de casos no estado e consequentemente na cidade, achamos prudente manter nossos alunos seguros, cancelando o evento como estava previsto de acontecer de forma aberta. As ações que a escola está realizando com nossas crianças são uma forma que encontramos de garantir um mínimo de diversão e de manter a nossa conexão com essas datas tão marcante para a vida escolar”, justificou.