Aparecida de Goiânia, quarta-feira, 22 de setembro de 2021
Olimpíadas

Vôlei feminino é vice-campeão em Tóquio

Redação
8 de agosto de 2021

A seleção brasileira feminina de vôlei ficou com a medalha de prata nos Jogos de Tóquio. Na madrugada deste domingo (08.08), o Brasil foi superado pelos Estados Unidos na decisão por 3 sets a 0 (25/21, 25/20 e 25/14), na Ariake Arena, no Japão. O time do treinador José Roberto Guimarães encerrou a competição com sete vitórias e apenas uma derrota. O bronze foi para a Sérvia que venceu a Coréia do Sul em sets diretos.

Na final, a ponteira Fernanda Garay foi a maior pontuadora entre as brasileiras, com 11 pontos. A ponteira Gabi também teve boa pontuação, com 10 acertos. Pelo lado dos Estados Unidos, destaque para a oposta Drews, com 15 pontos.

A ponteira Fernanda Garay, que fez seu último jogo pela seleção brasileira, agradeceu toda a entrega das companheiras ao longo da campanha em Tóquio.

“Nossa preparação foi a melhor possível e demos tudo que tínhamos, mas elas foram melhores taticamente. Estou muito orgulhosa do nosso grupo por todas as adversidades que superamos e onde chegamos. Foi muito bom estar com esse grupo e aproveitei muito todos os momentos que vivemos juntas”, analisou Fernanda Garay.

A ponteira Gabi elogiou a campanha das brasileiras e destacou a união do time verde e amarelo para a conquista da medalha de prata.

“Fica um pouco de tristeza por não termos conseguido soltar o nosso jogo na final. Temos que parabenizar as norte-americanas pela partida que fizeram nessa decisão. Estou muito orgulhosa do nosso time por tudo que construímos nesses Jogos de Tóquio. Poucas pessoas acreditavam que poderíamos chegar na final. Essa prata vale como ouro. Tenho certeza que todos viram a nossa entrega e juntas mostramos nossa força. Esse resultado coroou todo nosso trabalho”, disse Gabi.

O treinador José Roberto Guimarães lamentou a derrota, mas destacou a dedicação do grupo brasileiro. “Gostaria de estar no lugar mais alto do pódio, mas hoje não jogamos bem e tivemos muitas dificuldades. Tenho que agradecer todo esse grupo pela entrega e dedicação ao longo de toda nossa preparação”, destacou José Roberto Guimarães.

A seleção feminina nos Jogos de Tóquio foi formada pelas levantadoras Macris e Roberta, as opostas Rosamaria e Tandara, as ponteiras Fernanda Garay, Natália, Gabi e Ana Cristina, as centrais Carol Gattaz, Carol e Bia e a líbero Camila Brait.

Tabela Jogos de Tóquio:

SELEÇÃO FEMININA  

25.07 (DOMINGO) – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (25/10, 25/22 e 25/19)

28.07 (TERÇA-FEIRA) – Brasil 3 x 2 República Dominicana (22/25, 25/17, 25/13, 23/25 e 15/12)

29.07 (QUINTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Japão (25/16, 25/18 e 26/24)

31.07 (SÁBADO) – Brasil 3 x 1 Sérvia (25/20, 25/16, 23/25 e 25/19) 

02.08 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Quênia (25/10, 25/16 e 25/8)  

Quartas de final

04.08 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 3 x 1 Comitê Olímpico Russo (23/25, 25/21, 25/19 e 25/22)

Semifinal

06.08 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (25/16, 25/16 e 25/16)

Final

08.08 (DOMINGO) – Brasil 0 x 3 Estados Unidos (21/25, 20/25 e 14/25)

GALERIA DE FOTOS: 

https://cbv.com.br/galeria/2404/toquio-japao---08.08.2021---brasil-x-estados-unidos-

Com informações da Confederação Brasileira de Vôlei

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram