Violência no Guará: homem é morto a facadas e posto comunitário incendiado

0
135

guaraA noite desse domingo (14/12) não foi nada calma para os moradores da QE 40 do Guará II. Separados por uma pequena distância e no mesmo espaço de tempo, dois crimes. No primeiro, que aconteceu por volta das 21h, um homem conhecido como Baiano foi morto com três facadas. O suspeito, de acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), é Marcos Vinícius Sousa Santos, 25 anos.

Ainda segundo a PMDF, o crime foi motivado por uma dívida de R$ 130. Um morador que não quis se identificar disse que Marcos chegou à Brasília há poucos dias do Nordeste. “Ele falou que já havia sido preso e matado lá. Vi eles dois juntos o dia todo. Eram amigos” Marcos Vinícius foi preso em flagrante, em uma parada de ônibus próxima ao local onde cometeu o assassinato e levado para a Central de Flagrantes.

O acusado ainda portava a arma do crime no momento em que foi abordado. Aí surge uma ironia nada engraçada no segundo crime: o Posto Comunitário de Segurança (PSC) 97, localizado na QE 40, foi incendiado enquanto os policiais que trabalham no local estavam cuidando do outro caso. Segundo o tenente Mauro Cunha, o incêndio foi criminoso e a suspeita é de que tenha sido cometido por jovens, moradores do lugar. “Foi vandalismo”, afirmou.

Correiobraziliense