Usuários das unidades de saúde aprovam Gustavo Mendanha

0
82

O prefeito Gustavo Mendanha foi bem recebido nas unidades de saúde do município

O prefeito Gustavo Mendanha visitou na tarde desta quinta-feira (03) o Centro Clínico de Aparecida de Goiânia. A unidade, situada no Setor dos Afonsos, realiza mais de 7 mil atendimentos por mês. Entre consultas especializadas, Grupo de Planejamento Familiar, Centro de Testagem e Aconselhamento, Programa de Tabagismo e Laboratório.

Apesar do fluxo intenso, que acontece diariamente na unidade, o prefeito Gustavo Mendanha foi bem recebido pelos pacientes. Estes pacientes aguardavam atendimento no Centro Clínico, ouviu elogios, sugestões e até surpreendeu alguns com a visita inesperada. “Eu pensava que os políticos só ouviam as demandas do povo em época de campanha. Fico feliz em saber que o prefeito se preocupa em saber como está o atendimento nos postos de saúde”. Contou a aposentada Joana D’arc Pires.

No início desta semana, o prefeito Gustavo Mendanha, acompanhado do secretário Edgar Tollini, esteve no Ambulatório Multiprofissional de Aparecida (AMAG) e no Cais Nova Era. A recepção nas outras unidades não foi diferente. Por onde o prefeito passa, a população tem dado resposta positiva em relação aos profissionais e aos serviços prestados nas unidades de saúde.

“Desde que assumi a Prefeitura, faço questão de ouvir as demandas da população e conhecer de perto a rotina das unidades de saúde. Já visitei todas as UPAs e algumas UBSs.  Aparecida tem se tornado referência em saúde pública por conta da qualidade do atendimento. Sabemos que ainda há muito para ser feito, mas estamos no caminho certo”, ressaltou o prefeito Gustavo.

Centro de Especialidades e Diagnósticos

O Centro Clínico realiza atualmente, em média, 6.112 consultas mensais, em 20 especialidades médicas. Além disso, o laboratório faz cerca de 500 exames laboratoriais. Na unidade, também funciona o Grupo de Planejamento Familiar, que executa 40 vasectomias e 40 implantes de DIU, por mês. O Centro de Testagem e Aconselhamento atende também outros 145 pacientes. Já o Grupo de Tabagismo oferece tratamento para pessoas que desejam parar de fumar.

O Centro Clínico funciona em um prédio alugado. Entretanto, ainda este ano, a unidade deve ser transferida para o Centro de Especialidades e Diagnósticos, que está sendo construído no Jardim Boa Esperança, com recursos do Ministério da Saúde.

Segundo o secretário de Saúde Edgar Tollini, 45 consultórios oferecerão atendimento em diversas especialidades médicas. O investimento é de aproximadamente R$ 7 milhões. “A previsão é de realizar mais de 400 consultas por dia. É aqui que serão reguladas as cirurgias para o Hospital Municipal. Com o Centro de Especialidades e o Hospital em funcionamento, nossa expectativa é atender a demanda reprimida do município de cirurgias e atendimento especializado”, destacou o secretário.

Além de consultas, a unidade oferecerá também toda parte de diagnósticos, ou seja, exames em geral. O Centro de Especialidades terá ainda um serviço inovador em Aparecida, que é o Serviço de Atendimento Especializado (SAE), para diagnóstico e tratamento de doenças sexualmente transmissíveis como HIV/Aids e Sífilis.

O novo Centro será composto por oito setores: o Centro de Especialidades Municipal, Centro de Testagem e Aconselhamento, Serviços de Assistência Especializada (SAE), Centro Especializado em Odontologia, Ambulatório de Atendimento Especializado às Vítimas de Violência, Laboratório Municipal, Centro de Diagnóstico e Ambiente de Apoio Geral.