Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 17 de setembro de 2021
Universidade

UEG faz eleição para reitor nesta quinta-feira

Redação
24 de junho de 2021

Após cinco anos, alunos, professores e servidores técnico-administrativos da Universidade Estadual de Goiás (UEG) vão às urnas, nesta quinta-feira (24/06), das 9 às 21 horas. Eles vão escolher quem vai comandar a reitoria, as diretorias dos cinco institutos acadêmicos e as coordenações centrais dos cursos de graduação da instituição pelos próximos quatro anos.

A votação se dará, exclusivamente, por meio eletrônico, na qual o eleitor deverá registrar seu voto em cada uma das categorias disponíveis no respectivo processo eleitoral. A Comissão Eleitoral Central (CEC/UEG) divulgou um tutorial de votação que pode ser conferido no link: http://www.eleicoes.ueg.br/referencia/11809.

Ao todo, estão aptos a votar 16.757 eleitores distribuídos entre docentes (977), estudantes (15.299) e servidores técnico-administrativos (481).

Os critérios para as candidaturas foram definidos pela Comissão Eleitoral Central (CEC/UEG) ao fazer a convocação do processo eleitoral.

Para o cargo de reitor estão inscritos cinco candidatos que atenderam aos critérios de serem do quadro efetivo da UEG e terem formação mínima de mestres. São eles, em ordem alfabética: Adriana Ribon, Antônio Cruvinel, Francisco Severo, Made Júnior Miranda e Marcelo Moreira.

Os cinco institutos acadêmicos da universidade têm, ao todo, 10 candidatos, que também atenderam aos critérios estabelecidos: ser docente efetivo da UEG e estar vinculado ao instituto ao qual pleiteia uma vaga. Os candidatos são:

Instituto de Ciências da Saúde e Biológicas: André Luiz Araújo Pereira, Michelle Ferreira de Oliveira e Orley Filemon. Instituto de Ciências Agrárias: Sueli Freitas. Instituto de Educação e Licenciaturas: Edna Duarte, Késia Rodrigues e Marcos Vinicius. Instituto de Ciências Sociais Aplicadas: Ednilto Júnior e Rodrigo Messias. Instituto de Ciências Tecnológicas: Joílson dos Reis Brito.

Já para as coordenações centrais de curso são 36 candidatos. Pela legislação, uma lista tríplice será apresentada ao governador Ronaldo Caiado para a escolha. A posse dos eleitos será no próximo mês de agosto. Todos os planos de gestão dos candidatos estão disponíveis em www.eleicoes.ueg.br.

Histórico
Desde sua criação, em 1999, a Universidade Estadual de Goiás elegeu três reitores pelo voto da comunidade universitária.

Após a renúncia de dois reitores, em 2019, o Governo do Estado decretou intervenção na universidade. Nesse período, dois reitores estiveram à frente da Instituição: o procurador Rafael Borges e, atualmente, o professor Valter Campos.

Em janeiro de 2020, o Governo do Estado, após a aprovação pela Assembleia Legislativa, sancionou a Lei nº 20.748, que definiu as regras da reforma administrativa da Universidade Estadual de Goiás. Na ocasião também foi promulgado o decreto que aprovou o novo estatuto da UEG.

Com a reforma administrativa implementada e as reformas pedagógica e curricular em processo de implementação, no mês de março deste ano o Governo de Goiás avalizou, após solicitação do Conselho Superior Universitário da UEG, que a Universidade convocasse novas eleições.

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram