Três são presos por tráfico interestadual de drogas, com 150Kg de maconha

0
95

A prisão aconteceu após dois meses de investigação da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), da Polícia Civil do DF

maconhaApós dois meses de investigação, policiais da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), da Polícia Civil do DF, prenderam três homens em flagrante por tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico, de sexta-feira (10/4) para sábado (11/4), na BR-060, próximo a Samambaia. A ação, batizada de “Operação Nazaré”, terminou com a apreensão de 186 tijolos de maconha, o equivalente a 150Kg da droga, e de três veículos.

As drogas estavam em um carro conduzido por José Nazareno, que havia saído cidade de Ponta Porã (Mato Grosso do Sul) e foi parado quando passava por um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na saída de Goiânia. Um outro veículo foi usado para dar cobertura aos criminosos. Esse era guiado por Carlos André. No momento da abordagem, o condutor do carro onde estavam as drogas tentou fugir, mas foi alcançado pela equipe de policiais. Ele e o comparsa foram detidos.

Após a apreensão das drogas, os policiais seguiram para Samambaia, onde prenderam um outro homem, irmão de Carlos André, também envolvido no crime. Anderson Braga da Silva já havia sido preso por tráfico de drogas em 2007, quando era responsável por um laboratório de drogas em Ceilândia.  A droga apreendida seria distribuída para as regiões de Samambaia, Recanto das Emas e Riacho Fundo 2.
Segundo o delegado da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), Rodrigo Bonach, José Nazareno era cinegrafista, mas mesmo habilitado para exercer uma profissão lícita, tornou-se o líder do grupo criminoso. “Agora, ele pagará um preço alto por ter enveredado no mundo do crime”, justificou.

A ação contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Correiobraziliense