Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 17 de setembro de 2021
Campeonato Brasileiro de Cadeiras de Rod

Time aparecidense se prepara para o Campeonato Brasileiro de Basquete em Cadeira de Rodas

Redação
26 de agosto de 2021

Rodrigo Augusto

Em ascensão desde 2010, quando disputou a 4ª divisão da modalidade, equipe é a única na região Centro-Oeste na elite nacional

Representante de Aparecida de Goiânia, o time de basquete em cadeira de rodas Camaleões Sobre Rodas/Aparecidense, se prepara para disputar o Campeonato Brasileiro da modalidade entre 31 de outubro e 10 de novembro, em Goiânia. A expectativa da equipe, que intensificou os treinamentos nos últimos meses, é ficar entre as três melhores na competição nacional.

Com auxílio da Prefeitura de Aparecida, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude e da Associação dos Deficientes de Aparecida (ADAP), 18 atletas treinam três vezes por semana, na quadra da Escola Municipal Professora Vinovita Guimarães da Silva, com foco na competição que irá reunir as 10 melhores equipes brasileiras. As partidas serão disputadas no Ginásio Rio Vermelho, em Goiânia.

“Nos últimos anos, o Camaleões vem se destacando no cenário nacional. A equipe leva e eleva o nome de nossa cidade para diversas regiões do Brasil. Por isso, apoiamos a modalidade paraolímpica que, inclusive, conta com atletas de ponta em seu elenco”, aponta o secretário municipal de Esporte, Gerfeson Aragão.

Único time da região Centro-Oeste na 1ª divisão, o Camaleões Sobre Rodas/Aparecidense acumula conquistas recentes e ainda serve a seleção brasileira com quatro atletas, sendo três na masculina e uma na feminina. Em 2017, a equipe masculina foi campeã da 3ª divisão. Em novembro de 2018, o time foi terceiro colocado na 2ª divisão da modalidade, alcançando acesso à elite nacional e, em dezembro do mesmo ano, foi vice-campeão goiano. Em 2019, foi sétimo colocado quando estreou entre os melhores da modalidade no País.

“Em 2020, a pandemia de Covid-19 interrompeu as competições. Agora, estamos retornando aos treinos e campeonatos estaduais e nacionais seguindo todos os protocolos de segurança. Nosso time, inclusive, foi o primeiro da modalidade a ser vacinado no Brasil. Nosso objetivo é continuar alcançando bons resultados”, planeja o diretor do Camaleões/Aparecidense, José Fernando.

Destaque

Marcos Cândido, o Marquinhos, é um dos principais jogadores do Camaleões. Aos 39 anos, ele acumula experiência e participações em diversas competições internacional. O atleta, que estava atuando na Itália, já disputou duas Paraolimpíadas (Athenas, em 2004, e Rio, em 2016) e quatro mundiais (Japão, Holanda, Alemanha e Brasil).

“Cheguei ao Estado de Goiás para defender nossa cidade: Aparecida de Goiânia. Estou gostando muito da cidade e espero que possamos contribuir bastante com o esporte aqui”, pontua o jogador sobre a adaptação no município e o relacionamento com os novos colegas de equipe.

Acostumado com as grandes competições, Marquinhos projeta boa participação do time no próximo nacional da modalidade. “Estamos fazendo uma preparação forte com o professor Wilton [técnico] há cerca de seis meses para o Campeonato Brasileiro. Nossa expectativa e ficarmos, no mínimo, com o terceiro lugar, mas vamos buscar a taça”, destaca o jogador que há 20 anos pratica o esporte.

Preparação

Antes do Campeonato Brasileiro 2021, o Cameleões/Aparecidense irá disputar a 8ª Copa Cidade de Aparecida. A competição local servirá como preparação. “Acreditamos que dez ou mais equipes qualificadas irão participar. Com isso, podemos imaginar jogos equilibrados e, é claro, vamos usar esse torneio como preparação para o brasileiro.

A Copa Cidade de Aparecida de Basquete em Cadeira de Rodas será realizada entre 8 e 10 de outubro. O troféu da competição levará o nome do ex-prefeito Maguito Vilela que morreu no início deste ano vítima de complicações da Covid-19.

Tóquio

Aparecida de Goiânia será representada nas Paralimpíadas de Tóquio. Quatro atletas da seleção brasileira feminina de vôlei sentado são jogadoras da Associação dos Deficientes de Aparecida (Adap). Ádria Jesus, Pâmela Pereira, Jani Freitas e Nurya de Almeida já estão no Japão. Em 2016, o time brasileiro conquistou a medalha de bronze no Rio de Janeiro. No Parapan-Americano, em 2019, ficou com a prata.

A seleção feminina de vôlei sentado estreia nas Paralimíadas de Tóquio na próxima sexta-feira,27, às 6h30 (horário de Brasília), contra o Canadá. No domingo, 29, às 8h30, encara as anfitriãs japonesas. Já no dia 31, às 22h, as adversárias serão as italianas.

Fonte: http://www.aparecida.go.gov.br/

Foto: Claudivino Antunes

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram