Gustavo recebe campeões da Taça das Favelas

Da Redação
14/12/2021 - 07:22
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Gustavo recebe campeões da Taça das Favelas

O time campeão do torneio, o Santa Luzia, recebe apoio da gestão através da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Semel). Ele conquistou o torneio no último sábado,11, no Estádio Olímpico, em Goiânia, com vitória sobre o Promissão, de Anápolis, por 5 a 0.

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, recebeu na tarde da segunda-feira,13, na Cidade Administrativa Maguito Vilela, os campeões da Taça das Favelas.

Comissão técnica e jogadores do Santa Luzia, que representam o Projeto Resgatar, na Região Leste de Aparecida, apresentaram ao prefeito e ao secretário de Esporte, Geferson Aragão, o troféu de campeão e agradeceram a administração municipal pelo apoio. Durante o encontro, que contou ainda com a presença do presidente da Cufa Goiás, Breno Cardoso, os jogadores destacaram que, em 2022, o Santa Luzia irá disputar quatro competições nacionais.

“Parabéns pela conquista e pela história de superação de cada um de vocês; vocês representaram muito bem Aparecida nesta competição que reuniu dezenas de times da nossa região. Continuem se dedicando ao esporte, que salva vidas, e também se dediquem aos estudos. No sábado, estava com agenda cheia, mas fiz questão de prestigiar o jogo”, disse o prefeito Gustavo Mendaha durante o encontro com os campeões.

Delegação do Santa Luzia foi recebida pelo prefeito Gustavo Mendanha na Sala de Reuniões da Cidade Administrativa Maguito Vilela (Foto: Rodrigo Estrela )

Ao todo, 93 times de dez cidades da Região Metropolitana de Goiânia participaram, no masculino e feminino, da Taça das Favelas. O presidente da Central Única das Favelas (Cufa-Goiás), Breno Cardoso, comemora o sucesso da competição e lembra que Aparecida foi fundamental para a realização do evento esportivo.

“A Taça das Favelas representa muito, sobretudo, para as periferias e para as pessoas que muitas vezes ficam invisíveis. Mais que uma competição esportiva, a Taça das Favelas é uma mobilização social através do esporte, integrando territórios. Agradecemos a Prefeitura de Aparecida, que permitiu que pela primeira vez a cidade fosse uma sede da competição e fomentou também toda competição”, disse.

Destaque do Santa Luzia e autor de dois gols na final, contra o Promissão, o atacante Leandro, 18 anos, ainda comemora o título conquistado no último sábado. “Esse título representa muita coisa e traz muita felicidade. Agradeço pela oportunidade que recebi e pelas pessoas que acreditaram no meu potencial. Acreditamos e nos empenhamos bastante no dia a dia de treinamentos e, graças a Deus, fomos campeões eu, sem dúvida, estou vivendo e realizando um sonho”, explicou o jogador.  

O secretário de Esporte, Geferson Aragão, pontuou durante o encontro que o Projeto Resgatar, que atende cerca de 250 jovens há cincos anos, é apadrinhado pelo prefeito Gustavo e pela primeira-dama, Mayara Mendanha. “Nossa gestão acredita e apoia diversas modalidades esportivas, este foi um ano de muitas conquistas o que prova que com trabalho e responsabilidade o resultado aparece. Esses ‘meninos’ são grandes vencedores, pois para jogar futebol eles precisam superar muitas adversidades”, disse Aragão.

O ex-vereador Almeidinha, que é líder comunitário na Região Leste, e o vereador Getúlio Andrade também participaram do encontro e ambos parabenizaram os campeões pelo título.