Bem-vindo(a) à Aparecida de Goiânia
Política

Sucesso de Lula na Europa é destaque em jornais europeus como o Le Monde, na Folha e até na Globonews

Redação
19 de novembro de 2021

Um dos principais jornais da França, o Le Monde, destaca o sucesso do giro europeu do ex-presidente Lula, ressaltando que o brasileiro foi recebido com honras de chefe de estado pelo presidente da França, Emanuel Macron, nesta  quarta-feira (17), no Palácio do Eliseu, sede da Presidência da República Francesa. Na Folha de S. Paulo, o colunista Mathias Alencastro manchetou: “Viagem protocolar de Lula à Europa vira triunfo diplomático inesperado”. E na Globonews, durante análise da colunista Eliane Catanhede, a legenda foi: “Bolsonaro é fiasco internacional; Lula é sucesso”.

Os textos dos colunistas brasileiros compararam o tour do presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL) pelo Oriente Médio, onde fez até um passeio de moto pelas ruas de Doha, capital do Catar, no último destino de sua viagem pela região, na quarta, com o sucesso da agenda do Lula pela Europa.  

A assessoria de Macron classificou o encontro de uma hora entre as duas lideranças mundiais como "caloroso" e de "alto nível". 

lula rodriguez zapatero ricardostuckert
Lula foi elogiado em Madrid, Espanha, pelo ex-presidente espanhol Luis Zapatero - Foto: Ricardo Stuckert

Como dois chefes de Estado intercambiando opiniões, eles abordaram no encontro temas sensíveis como clima, Amazônia, América Latina, Europa, globalização, entre outros.

Leia mais: Lula é aplaudido de pé no Parlamento Europeu; leia a íntegra do discurso

Le Monde

"O carismático líder da esquerda brasileira foi recebido com todas as honras no Palácio do Eliseu", diz Le Monde. Emmanuel Macron "não hesitou em convocar a Guarda Republicana para a ocasião e descer os sete degraus do palácio para receber calorosamente seu ilustre convidado".

A reportagem destaca que Macron e Lula descobriram que têm interesses mútuos, algo que foi observado por especialistas em política internacional. “Lula e Macron certamente serão candidatos presidenciais no próximo ano em seus respectivos países e cada um deve enfrentar um populista de extrema direita: Jair Bolsonaro no Brasil, e Eric Zemmour ou Marine Le Pen na França. Ao aparecerem juntos, eles mostram que estão engajados na mesma luta pela democracia", disse Hussein Kalout, professor de relações internacionais da Universidade de Harvard.

O jornal aponta que para Emmanuel Macron, o encontro também foi a oportunidade perfeita para acertar suas contas antigas com Jair Bolsonaro. "O presidente francês jamais digeriu as zombarias e os insultos lançados contra ele (e contra sua esposa) durante a grave crise diplomática de agosto de 2019, que surgiu em meio a incêndios na Amazônia". Macron chegou a desejar que "o povo brasileiro tenha muito rapidamente um presidente que se comporte à altura" de seu cargo.

Folha de S. Paulo

Na Folha de S. Paulo, Matias Alencastro diz que o “Brasil tem um candidato que dialoga com o mundo e um presidente que delira no deserto”, também comparando com as recentes agendas internacionais do presidente, que não conseguiu se reunir com nenhum presidente no G-20. Assessores de Bolsonaro até tentatam marcar um encontro dele com Macron, mas a resposta foi ‘nos encontramos na COLP-26’, evento que o presidente brasileiro trocou por passeios pelas ruas de Roma.

“Recebido com protocolos arrojados incomuns para uma visita não oficial, Lula chegou ao Palácio do Eliseu para uma conversa de 30 minutos que se estendeu por mais de uma hora”, diz o texto.

Globonews

A Globonews também exaltou Lula e bateu em Bolsonaro, destaca o Brasil247. “Bolsonaro é fiasco internacional; Lula é sucesso”, dizia a legenda na tela da emissora, em referência a uma fala da comentarista Eliane Cantanhêde durante a edição do programa “Em Pauta” desta quarta-feira. Pouco antes, a legenda era: “Lula é recebido por Macron com protocolos de chefe de Estado”. 

Segundo Cantanhêde, a viagem pela Europa foi um “gesto muito bem calculado e de grande sucesso do ex-presidente Lula, porque a comparação das viagens internacionais do Bolsonaro com essa turnê internacional do Lula… desculpa, mas é acachapante [a diferença]”.

O fato é que, seja Berlim, Bruxelas, Madrid ou Paris,  Lula cultivou sua posição de líder global. Um ano antes da eleição presidencial no Brasil, ele é uma alternativa a Jair Bolsonaro, diz o Le Monde.

Com apoio do Brasil247

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram