Sintego acusa o Governo de Perillo de desviar verbas da educação

0
88

A Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás – Sintego, Bia de Lima (foto), disse ontem, em entrevista ao Jornal Opção, que o Governo de Goiás desvia as verbas da educação para outros órgãos da administração, como a Agetop, por exemplo.

“Se o governo de Goiás não estivesse repassando as verbas para outras coisas, como a Agetop [Agência de Transportes e Obras Públicas de Goiás], a secretaria teria dinheiro para pagar a data-base, para investir nas escolas e melhorar a Educação”, alfinetou Bia.

Bia de Lima, embora respeitando o currículo da Secretária Raquel Teixeira, corrobora a tese de que ela é apenas uma “bucha de canhão” do Governo Marconi, e assegura que a professora Raquel não tem autonomia para opinar quanto as reivindicações dos professores goianos.  “Estamos brigando para que ela tenha mais autonomia, porque sem recursos você não faz nada”, disse a representante do Sintego.

Quanto a terceirização da educação estadual às Organizações Sociais, desejo do Governador de Goiás, Marconi Perillo, Bia de Lima diz que o Sintego é absolutamente contra:  “aí vai ser uma briga longa e árdua, porque somos terminantemente contra e vamos lutar de todas as maneiras possíveis para impedir a implantação”, reiterou.

Opinando