Segue o ajuste fake de Marconi: mais R$ 310 mil gastos em shows

0
84

O governo de Marconi Perillo (PSDB) continua com a defesa do discurso de ajuste fiscal e austeridade nos gastos públicos, mas segue com gastos absurdos com shows musicais pelo interior do Estado. A edição de 12 de novembro do Diário Oficial do Estado registra mais cinco contratações, sem licitação, que totalizam R$ 310 mil.

Os contratados para apresentações em Itaberaí foram Banda Mark (R$ 50 mil) Benjamim Neto (R$ 30 mil); Renato e Rafael (R$ 30 mil) e Pedro Soberano (R$ 30 mil). Além deles, o Estado bancou show da dupla Guilherme e Santiago (R$ 170 mil) na cidade de Rio Verde. 

GoiasReal