Saúde amplia vacinação de crianças contra sarampo e influenza

Ação ocorre após a prorrogação do prazo da Campanha de Vacinação Contra Influenza e Sarampo no País para todos os grupos prioritários.

Da Redação
07/06/2022 - 08:21
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Saúde amplia vacinação de crianças contra sarampo e influenza

Crianças de 6 meses até 5 anos começaram a receber doses das duas vacinas, além de outros imunizantes para a atualização da Cardeneta Infantil.

A Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia (SMS), com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, iniciou nesta segunda-feira, 06, a imunização contra a influenza e o sarampo em 31 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) da cidade. Além das duas vacinas, serão disponibilizadas também vacinas de outras doenças para atualização da Caderneta Infantil.

Serão imunizadas crianças de 6 meses até 5 anos mediante apresentação do cartão de vacinação, RG ou certidão de nascimento, cartão SUS ou CPF e termo de autorização assinado pelos responsáveis (Este termo só é necessário se os responsáveis não estiverem presentes na hora da imunização).

A Vanessa Souza Vasco, gerente de Gerenciamento de Risco, compareceu no CMEI Amélia Alves de Oliveira para aproveitar a campanha de imunização dos dois filhos matriculados na unidade. Para ela, a iniciativa é bastante válida pois coloca as vacinas das crianças em dia de uma maneira prática. “Com a correria do dia-a-dia a gente acaba esquecendo de atualizar as cadernetas de vacinação. […] Facilita muito, ainda mais para quem trabalha fora e não tem tempo de sair”, comentou.

Para a diretora do CMEI Amélia Alves de Oliveira, Sirlandy Rodrigues Costa Ribeiro, a campanha ocorre em um momento propício, uma vez que as crianças estão adoecendo muito, não somente as que são matriculadas na Rede Municipal de Educação, mas também do mundo todo.

“Nós temos cerca de 100 crianças matriculadas aqui, que realizam diversas atividades juntas, tem contato uma com as outras, então é muito importante que todas sejam imunizadas contra todos os tipos de vírus. Para isso nossa equipe se mobilizou e conscientizou todos os pais para vacinarem seus filhos”, ressaltou a diretora.

A coordenadora de Imunização da SMS, Renata Cordeiro, frisa que “estamos levando a vacinação até as nossas crianças, como já fizemos em escolas e agora faremos nos CMEIs. É fundamental fazer a atualização de todas as vacinas infantis e impedir o retorno de doenças imunopreveníveis e controladas por meio da vacinação, como o sarampo, a coqueluche e a febre amarela, dentre outras.

”O cronograma da vacinação já foi estabelecido com cada CMEI e os responsáveis são avisados com antecedência para levar e acompanhar as crianças.

Campanha de Vacinação Contra Influenza e Sarampo para grupos prioritários

Campanha de Vacinação Contra Influenza e Sarampo, iniciada em 4 de abril e prevista para terminar nesta sexta-feira, 3 de junho, foi estendida no País por determinação do Ministério da Saúde (MS) até o próximo 24 de junho. A prorrogação foi motivada pela baixa adesão à Campanha em todo o Brasil. A SMS reforça permanentemente para a população que as vacinações são essenciais e todos os que podem se vacinar devem fazê-lo o quanto antes.

Quem deve se vacinar contra a influenza e o sarampo

Além de crianças a partir de 6 meses e menores de 5 anos de idade, o público autorizado para a vacinação contra a influenza, segundo o MS, abrange os idosos, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas, professores das redes de ensino pública e privada, pessoas com deficiência permanente e pessoas com comorbidades.

O imunizante contra a gripe também está disponível para povos indígenas, profissionais das forças de segurança e salvamento e forças armadas, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários e funcionários do sistema prisional.

Já a vacinação contra o sarampo é destinada aos trabalhadores da saúde e às crianças com idade entre 6 meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias. Esses grupos podem receber os dois imunizantes no mesmo dia, já que não há intervalo exigido entre a aplicação da vacina contra a influenza e o sarampo.

Proteção essencial

“A proteção contra a influenza (Gripe) é indispensável, sobretudo nessa época mais fria e seca, quando as pessoas tendem a se aglomerar em locais fechados. Além disso, a vacina evita complicações e contribui para reduzir a lotação nas unidades da Saúde”, destaca o secretário da pasta, Alessandro Magalhães.

Quanto ao sarampo, Alessandro salienta que a doença já estava controlada no Brasil e pode voltar se não houver uma cobertura ampla. “Não podemos deixar o sarampo retornar. Não me canso de repetir que uma baixa cobertura vacinal pode fortalecer a circulação de vírus nocivos para a saúde humana e que podem causar casos graves, especialmente em idosos e crianças.”

A coordenadora de Imunização Renata Cordeiro também adverte sobre a importância da imunização: “Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a influenza se apresenta com casos leves, mas também pode agravar e causar mortes. A vacina que estamos aplicando é trivalente, confere proteção contra os vírus H1N1, H3N2, e também o vírus B, e é essencial que as pessoas venham o quanto antes, principalmente porque nesse período atual há muita circulação para as doenças respiratórias causadas por essas cepas.”

O que levar na vacinação

Renata Cordeiro informa que “a vacina contra a influenza pode ser recebida com qualquer outra do calendário de rotina, não existe uma contraindicação”, e lembra que quem for se vacinar deve levar os documentos pessoais e o cartão de vacinação, e, no caso dos profissionais da saúde, estes devem comprovar sua atuação na área.

Horários e locais da vacinação contra sarampo e influenza

A vacinação é realizada de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, nas 36 Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) que possuem salas de vacinas, e também na Central de Imunização (Rua São Domingos, 100, Centro) das 8h às 18h. Nos sábados, os serviços se concentram na Central de Imunização das 8h às 13h.

UBS’s participantes:

Andrade Reis;
Colina Azul;
Bairro Cardoso;
Delfiore;
Alto Paraíso;
Bandeirantes;
Bairro Ilda;
Independência;
Buriti Sereno;
Campos Elíseos;
Cândido de Queiroz;
Caraíbas;
Chácara São Pedro;
Cruzeiro do Sul;
Independência Mansões;
Jardim Bela Vista;
Jardim Boa Esperança;
Jardim dos Buritis;
Jardim dos Ipês;
Jardim Florença;
Jardim Olímpico;
Jardim Paraíso;
Jardim Tiradentes;
Madre Germana;
Nova Olinda;
Papillon Park;
Parque Trindade;
Pontal Sul II;
Residencial Anhambi;
Residencial Garavelo Park;
Retiro do Bosque;
Jardim Riviera;
Rosa dos Ventos;
Santa Luzia;
Santo André
e Veiga Jardim.