Aparecida de Goiânia, terça-feira, 11 de maio de 2021
Fim de semana

Sábado e domingo tem vacinação aos idosos de 62 anos e campanha de combate a fome

Redação
10 de abril de 2021

  

Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida informa que os idosos acima de 62 anos podem procurar os drives da Cidade Administrativa e do Centro de Especialidades das 8h às 17h. Postos estão recebendo doação de alimentos da campanha Vacina Contra a Fome

Com a chegada de novas doses de vacina contra a Covid-19 em Aparecida, a vacinação em idosos acima de 62 anos continuará sendo realizada, sem interrupção, neste sábado e domingo, 10 e 11 de abril. Os idosos podem procurar um dos dois drive-thrus de imunização que ficam na Cidade Administrativa Luiz Alberto Maguito Vilela no Setor Solar Central Park e no Centro de Especialidades, no Jardim Boa Esperança. A vacinação nestes dois dias será das 8h às 17h. Para receber a dose do imunizante, o idoso deve levar documento de identidade, comprovante de endereço e CPF ou cartão SUS.


A imunização foi retomada nesta sexta-feira, 09 nos drive-thrus. Franklin Pereira de Oliveira, de 63 anos foi um dos vacinados nesta manhã no drive da Cidade Administrativa. Ele contou que o sentimento era de alívio e felicidade. “Primeira parte vencida graças a Deus. E pode ter certeza que vou continuar me cuidando, usando máscara, mantendo distanciamento, não participando de aglomeração. Não é só a vacina que é suficiente, a prevenção é muito importante, distanciamento e a máscara é essencial”, comentou ele após ser vacinado.

Quem também estava contente com a vacina era a senhora Jovina Vieira dos Santos. Ela foi a primeira idosa vacinada nesta sexta-feira. “Acordei de madrugada para garantir minha vacina e estou muito feliz porque não vou ter essa doença, graças a Deus”, disse ela que chegou no drive às 4 horas da manhã acompanhada dos filhos que filmaram todo o ato da aplicação da vacina. O carpinteiro Jorge Eurípedes de Souza disse estar realizado. “O sentimento é de vida, é boa, estou realizado”, comentou ele no momento que recebia a aplicação da vacina.

A ampliação da faixa etária de vacinação foi possível a partir da chegada de 3,6 mil novas doses de Coranavac, nesta quinta-feira, 08, destinadas à primeira aplicação. “Segundo estimativa do IBGE, temos cerca de 6 mil idosos com idade entre 62 e 64 anos. Nosso grande objetivo é vacinar o maior número de pessoas o mais rapidamente possível. Conforme chegam novas vacinas, ampliamos o público-alvo”, afirmou a coordenadora de Imunização de Aparecida, Renata Cordeiro.

A gestora informa ainda que parte das vacinas recebidas serão destinadas aos profissionais de saúde da linha de frente que ainda não foram imunizados e aos profissionais de segurança pública. Nesses casos, a aplicação ocorrerá in loco, nos locais de trabalho dos profissionais e não nos postos de vacinação fixos que atendem apenas idosos.

Renata lembra que até então o município havia esgotado todo o estoque de Dose 1 da Campanha Municipal de Vacinação: “Já aplicamos mais de 59 mil doses em nossos grupos prioritários. Aproximadamente, 44 mil referentes à primeira aplicação e 15 mil referentes à segunda. Sempre dependemos do quantitativo disponibilizado pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria Estadual de Saúde para avançar com a Campanha. Aparecida está pronta e determinada a imunizar o máximo possível de pessoas”.

Com os novos imunizantes desta quinta-feira, 08, Aparecida recebeu um total de 76,1 mil doses, sendo 49.500 para primeira aplicação e 26.600 para 2ª aplicação. As vacinas vieram em dez remessas encaminhadas pelo Ministério da Saúde.

População pode doar alimentos, avulsos ou cestas completas, nos drives da Cidade Administrativa ou do Aparecida Shopping (Enio Medeiros)

Vacina contra a fome

Desde o dia 05 de abril a Prefeitura de Aparecida de Goiânia realiza a campanha solidária Vacina contra a fome. A iniciativa busca arrecadar alimentos não perecíveis nos drive-thrus de vacinação da Cidade Administrativa Luiz Alberto Maguito Vilela e do Aparecida Shopping. A ideia é que, por vontade própria, quem for receber a dose da vacina e sinta a vontade de ajudar famílias de Aparecida em alta vulnerabilidade social, possa aproveitar a ida ao posto de vacinação para levar as doações.

A campanha foi idealizada pela Prefeitura de Aparecida que esclarece que a entrega dos donativos é voluntária. Portanto, levando ou não alimentos, a pessoa que faz parte do grupo prioritário receberá a vacina contra Covid. Para recebimento das doações, foram instalados contêineres nos dois drive-thrus. Podem ser doados alimentos não perecíveis em unidades avulsas ou a cesta básica completa.

O horário para entrega das doações nos dois drives é de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h. São os mesmos horários da vacinação. Os donativos serão entregues à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) que fará a distribuição das cestas e alimentos. Titular da pasta, a primeira-dama e secretária Mayara Mendanha compartilha que, com o agravamento da pandemia, tem se multiplicado na Semas os pedidos por cestas básicas.

A professora Gilaílde da Silva Antunes deixou a doação dela no posto de arrecadação do Drive da Cidade Administrativa. “O sentimento é de empatia e solidariedade. Doando o pouco que temos, porque tem gente que não tem nada. E espero que mais pessoas abram o coração para doar também. O pouquinho de cada um vira muito para quem mais precisa”, pontuou ela.

  

Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida informa que os idosos acima de 62 anos podem procurar os drives da Cidade Administrativa e do Centro de Especialidades das 8h às 17h. Postos estão recebendo doação de alimentos da campanha Vacina Contra a Fome

Com a chegada de novas doses de vacina contra a Covid-19 em Aparecida, a vacinação em idosos acima de 62 anos continuará sendo realizada, sem interrupção, neste sábado e domingo, 10 e 11 de abril. Os idosos podem procurar um dos dois drive-thrus de imunização que ficam na Cidade Administrativa Luiz Alberto Maguito Vilela no Setor Solar Central Park e no Centro de Especialidades, no Jardim Boa Esperança. A vacinação nestes dois dias será das 8h às 17h. Para receber a dose do imunizante, o idoso deve levar documento de identidade, comprovante de endereço e CPF ou cartão SUS.


A imunização foi retomada nesta sexta-feira, 09 nos drive-thrus. Franklin Pereira de Oliveira, de 63 anos foi um dos vacinados nesta manhã no drive da Cidade Administrativa. Ele contou que o sentimento era de alívio e felicidade. “Primeira parte vencida graças a Deus. E pode ter certeza que vou continuar me cuidando, usando máscara, mantendo distanciamento, não participando de aglomeração. Não é só a vacina que é suficiente, a prevenção é muito importante, distanciamento e a máscara é essencial”, comentou ele após ser vacinado.

Quem também estava contente com a vacina era a senhora Jovina Vieira dos Santos. Ela foi a primeira idosa vacinada nesta sexta-feira. “Acordei de madrugada para garantir minha vacina e estou muito feliz porque não vou ter essa doença, graças a Deus”, disse ela que chegou no drive às 4 horas da manhã acompanhada dos filhos que filmaram todo o ato da aplicação da vacina. O carpinteiro Jorge Eurípedes de Souza disse estar realizado. “O sentimento é de vida, é boa, estou realizado”, comentou ele no momento que recebia a aplicação da vacina.

A ampliação da faixa etária de vacinação foi possível a partir da chegada de 3,6 mil novas doses de Coranavac, nesta quinta-feira, 08, destinadas à primeira aplicação. “Segundo estimativa do IBGE, temos cerca de 6 mil idosos com idade entre 62 e 64 anos. Nosso grande objetivo é vacinar o maior número de pessoas o mais rapidamente possível. Conforme chegam novas vacinas, ampliamos o público-alvo”, afirmou a coordenadora de Imunização de Aparecida, Renata Cordeiro.

A gestora informa ainda que parte das vacinas recebidas serão destinadas aos profissionais de saúde da linha de frente que ainda não foram imunizados e aos profissionais de segurança pública. Nesses casos, a aplicação ocorrerá in loco, nos locais de trabalho dos profissionais e não nos postos de vacinação fixos que atendem apenas idosos.

Renata lembra que até então o município havia esgotado todo o estoque de Dose 1 da Campanha Municipal de Vacinação: “Já aplicamos mais de 59 mil doses em nossos grupos prioritários. Aproximadamente, 44 mil referentes à primeira aplicação e 15 mil referentes à segunda. Sempre dependemos do quantitativo disponibilizado pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria Estadual de Saúde para avançar com a Campanha. Aparecida está pronta e determinada a imunizar o máximo possível de pessoas”.

Com os novos imunizantes desta quinta-feira, 08, Aparecida recebeu um total de 76,1 mil doses, sendo 49.500 para primeira aplicação e 26.600 para 2ª aplicação. As vacinas vieram em dez remessas encaminhadas pelo Ministério da Saúde.

População pode doar alimentos, avulsos ou cestas completas, nos drives da Cidade Administrativa ou do Aparecida Shopping (Enio Medeiros)

Vacina contra a fome

Desde o dia 05 de abril a Prefeitura de Aparecida de Goiânia realiza a campanha solidária Vacina contra a fome. A iniciativa busca arrecadar alimentos não perecíveis nos drive-thrus de vacinação da Cidade Administrativa Luiz Alberto Maguito Vilela e do Aparecida Shopping. A ideia é que, por vontade própria, quem for receber a dose da vacina e sinta a vontade de ajudar famílias de Aparecida em alta vulnerabilidade social, possa aproveitar a ida ao posto de vacinação para levar as doações.

A campanha foi idealizada pela Prefeitura de Aparecida que esclarece que a entrega dos donativos é voluntária. Portanto, levando ou não alimentos, a pessoa que faz parte do grupo prioritário receberá a vacina contra Covid. Para recebimento das doações, foram instalados contêineres nos dois drive-thrus. Podem ser doados alimentos não perecíveis em unidades avulsas ou a cesta básica completa.

O horário para entrega das doações nos dois drives é de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h. São os mesmos horários da vacinação. Os donativos serão entregues à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) que fará a distribuição das cestas e alimentos. Titular da pasta, a primeira-dama e secretária Mayara Mendanha compartilha que, com o agravamento da pandemia, tem se multiplicado na Semas os pedidos por cestas básicas.

A professora Gilaílde da Silva Antunes deixou a doação dela no posto de arrecadação do Drive da Cidade Administrativa. “O sentimento é de empatia e solidariedade. Doando o pouco que temos, porque tem gente que não tem nada. E espero que mais pessoas abram o coração para doar também. O pouquinho de cada um vira muito para quem mais precisa”, pontuou ela.

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram