Rubinho Barrichello quebra jejum de vitórias na Stock e leva a Corrida do Milhão

0
40

pressPiloto que mais disputou corridas na Fórmula 1, o brasileiro Rubens Barrichello precisou de quase duas temporadas na Stock Car para conseguir sua primeira vitória no campeonato nacional. O jejum foi quebrado na manhã deste domingo, quando ele venceu a Corrida do Milhão, disputada em Goiânia.

A prova no circuito do Centro-Oeste do Brasil é uma das mais importantes da temporada por causa de sua premiação de R$ 1 milhão de reais ao vencedor, mas sua pontuação é similar às das primeiras corridas das rodadas duplas da Stock Car.

Rubinho subiu ao lugar mais alto do pódio depois de boa briga com Thiago Camilo, vencedor duas vezes da Corrida do Milhão. O ex-piloto da F-1 ficou com a vitória, deixando o rival na segunda colocação. O terceiro lugar em Goiânia acabou com Galid Osman. Átila Abreu foi o quarto, seguido por Júlio Campos, Antônio Pizzonia, Alam Khodair e Cacá Bueno.

O resultado da Corrida do Milhão deixa Átila Abreu na liderança da temporada da Stock Car com 76 pontos, quatro a mais do que Thiago Camilo, segundo colocado. Júlio Campos aparece em terceiro com 71 pontos e Rubens Barrichello é o quarto com 69. A próxima etapa do campeonato é em Cascavel, em 17 de agosto.

Rubinho largou na pole position neste domingo e conseguiu se livrar de problemas no início de prova, defendendo a primeira colocação dos ataques de Átila Abreu. Aos poucos, Rubinho foi abrindo sobre o rival do carro 51 e conseguiu vantagem confortável. Depois da parada obrigatória para troca de pneus, ele se manteve à frente.

Foi a vice-liderança que saiu das mãos de Átila Abreu, que acabou ultrapassado por Thiago Camilo. Os dois primeiros colocados foram aos boxes novamente para reabastacimento e a troca de mais dois pneus e o ex-piloto da Ferrari na Fórmula 1 se manteve à frente do rival no retorno à pista. Mas por pouco tempo.

Com ritmo muito forte, Thiago Camilo aos poucos foi se aproximando de Barrichello e a nove minutos do fim conseguiu a ultrapassagem sobre o rival, mas levou o troco em seguida. Os dois ainda se alternaram na primeira posição até Rubinho abrir a volta final de prova na ponta.

Thiago Camilo tentou ultrapassar o rival na última reta da corrida, mas o piloto do carro 111 conseguiu defender a ponta e cruzou a linha de chegada na primeira colocação. Ao receber a bandeira quadriculada na ponta, Rubinho não conseguiu conter sua alegria e levou seu carro à grama para se aproximar da torcida.

IG