Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 17 de setembro de 2021
Cirurgia Plástica

Qual a idade para fazer cirurgias plásticas?

Marcus Vinicius
20 de agosto de 2021
Qual a idade para realizar cirurgia plástica?

Entenda quais são as principais recomendações sobre faixa etária relacionadas aos procedimentos cirúrgicos.

Existem diversos mitos e verdades a respeito de cirurgias plásticas.

Sendo muito comum que pacientes se questionem sobre o melhor período do ano para estas intervenções, sobre qual a idade ideal para cada procedimento e até, por exemplo, se no inverno os resultados são mais satisfatórios.

Estes questionamentos são legítimos e quanto maiores forem as pesquisas sobre o assunto maiores são as possibilidades de resultados positivos.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), existe um aumento de até 50% na procura por cirurgias plásticas no inverno em diversas cidades brasileiras.

Isso faz com que julho seja amplamente conhecido como o mês da cirurgia plástica. Contudo, a ideia de que os resultados são mais satisfatórios no inverno é um mito. 

O que acontece nesses casos é que, com temperaturas baixas, a dilatação dos vasos sanguíneos, os inchaços e a retenção de líquido diminuem. 

Isso coopera para que a sensação de incômodo seja mais tolerável, é mais confortável utilizar cintas modeladoras ou sutiãs cirúrgicos e o repouso torna-se mais simples e fácil de ser realizado.

Por isso, os períodos em que as quedas de temperatura são mais acentuadas se tornaram consideravelmente melhores, mas sem relação direta com os resultados em si. 

A segunda maior dúvida sobre intervenções estéticas e cirúrgicas se dá sobre a idade ideal para a sua realização. Separamos as principais informações sobre procedimentos cirúrgicos e a idade ideal para a realização de cada um deles:

As relações entre cirurgia plástica e a faixa etária

Respondendo à pergunta principal, não existe uma idade mínima ou máxima para a realização de intervenções cirúrgicas estéticas, de reparação ou reconstrução. 

O que há, de fato, é a expressa recomendação de avaliações médicas minuciosas e específicas para cada cirurgia plástica que o paciente deseja realizar ao longo da vida. 

Porém, pessoas entre 18 e 60 costumam ter menores índices de complicações no pós-operatório, já que neste período o organismo passa por suas melhores formas de atuação e recuperação.

Diversos aspectos precisam ser levados em consideração como, por exemplo, o estado de saúde do paciente, quais são as principais motivações para a cirurgia plástica e se as expectativas do paciente são realistas ou fora das possibilidades, etc.

Todos estes itens e outros são levados em consideração com relação à faixa etária, que é considerada a base destas análises e avaliações médicas. 

Devido a isso, a principal recomendação é a de optar por um profissional que seja de confiança e consiga passar um diagnóstico que preze pela sua saúde. De preferência, um médico cirurgião plástico com vasta experiência e boas referências exatamente para o que se deseja.

Ainda dentro das recomendações e indicações relacionadas à faixa etária ideal, existem idades mínimas indicadas para cada tipo de procedimento. 

Essas recomendações são baseadas na maturidade do organismo, no nível de resultados satisfatórios e na interferência dos procedimentos na autoestima e rotina dos pacientes. Veja só:

Mamoplastia

A mamoplastia é uma das cirurgias plásticas que podem ser realizadas em diversas faixas etárias, tanto a que é responsável pela redução das mamas quanto as que aumentam o volume dos seios. 

Uma das principais recomendações nestes casos é que a intervenção aconteça após o desenvolvimento completo do corpo feminino, o que normalmente acontece após 2 ou 3 anos da primeira menstruação. 

Em mulheres com a idade mais avançada, por outro lado, não existe uma recomendação de limite de faixa etária. 

O mais comum nesse último caso é a procura pela cirurgia plástica de mastopexia, que tem como objetivo principal corrigir a flacidez mamária ou o lifting das mamas, buscando levantar os seios e eliminar o excedente de pele da região.

Lifting facial

O lifting facial é o procedimento estético que promove o rejuvenescimento da face por meio da remoção do excesso de pele, das rugas e da flacidez do rosto do paciente. 

Durante essa cirurgia plástica, o médico reestabelece os contornos faciais e remodela a pele, os músculos e o posicionamento das gorduras. 

Apesar de fatores como o envelhecimento precoce cutâneo, de condições negativas da pele na face e consequências relacionadas ao emagrecimento intenso, por exemplo, a recomendação é que só haja interferência no sentido do rejuvenescimento facial após os 40 anos de idade. 

Tanto em homens quanto em mulheres. E os cuidados prévios com a pele e o estilo de vida do paciente também são fatores a serem analisados previamente para a realização desse tipo de procedimento.

Otoplastia

Comumente conhecida como uma cirurgia que corrige orelhas proeminentes, a otoplastia é um dos raros casos em que a indicação é que o procedimento seja realizado já na primeira infância, por volta dos 6 anos de idade. 

Nesta fase, o pavilhão auricular já está devidamente desenvolvido e o primeiro período escolar ainda não foi iniciado. 

Muito relacionada à autoestima, sociabilidade, confiança e traumas, as orelhas proeminentes podem interferir diretamente na vida social de crianças e adolescentes, sendo motivos de exclusão, afastamento de convívio e até podendo causar problemas emocionais e psicológicos.

Tento isso em mente, quanto mais rápido ocorrer a correção, menores são as chances de problemas consequentes.

Abdominoplastia

Indicada para a remoção do excesso de pele, para correções na região do abdômen após grandes perdas de peso em um curto período de tempo ou, até mesmo, após a gravidez.

Para a relação da abdominoplastia com a faixa etária dos pacientes que buscam tal remoção de pele, é válido ressaltar que a recomendação médica é esperar o paciente completar ao menos 18 anos de idade. 

Condições como má formação, queimaduras, doenças congênitas, flacidez atípica e traumas também podem interferir nas indicações médicas para diminuir a idade recomendável para a cirurgia plástica. 

Tudo irá depender diretamente, como dito antes, das motivações, circunstâncias e análise médica prévia.

De modo geral, estas são as indicações que dizem respeito entre as cirurgias mais comuns realizáveis e a idade de quem as deseja ou necessita, mas vale lembrar que cada caso possui suas particularidades e que o parecer médico deve sempre ser ouvido.

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram