Projeto Guarda-Mirim incentiva valores e protege as crianças

0
353

As atividades do Centro de Convivência Guarda-Mirim começaram nesta  quinta-feira (09). Para dar início oficialmente as aulas, uma solenidade de boas-vindas foi realizada pela secretária de Assistência Social Mayara Mendanha. A sede do projeto está localizada no setor Nova Cidade, região sul de Aparecida.

Em forma, uniformizados e bastante ansiosos. Assim estavam os alunos do projeto Guarda Mirim no primeiro dia de aula. A unidade foi totalmente revitalizada e conta com novos equipamentos para recepcionar mais de 120 crianças e adolescentes atendidos pelo programa. No Centro de Convivência Guarda-Mirim também são oferecidas diversas atividades extracurriculares no contra-turno escolar como aulas de música, informática, civismo e reforço escolar, além das práticas esportivas.

A dona de casa Aparecida da Luz, é mãe da aluna Letícia Ferreira, 13 anos, que entrou recentemente no projeto. Para ela, essa oportunidade é uma forma de melhorar o desenvolvimento escolar da filha. “Aqui minha filha faz atividades que não teríamos condições de pagar, como as aulas de música, por exemplo. Sem dúvidas esse projeto ajuda muito no crescimento dessas crianças. Com as aulas extracurriculares, eles ocupam o tempo e não ficam nas ruas, expostas as drogas e a violência”, explicou Aparecida.

Criado em 2011, o principal objetivo do projeto Guarda-Mirim é incentivar valores morais, sociais e éticos aos estudantes e assim protegê-los de situações de vulnerabilidade social. Esses incentivos refletem na vida dos alunos que são atendidos na unidade.

“Antes de entrar aqui, queria ser professora de matématica. Hoje, com todos os ensinamentos que tive, pretendo ser uma Guarda Civil para servir minha cidade. Dentre as atividades que participo, as que mais gosto no projeto são as aulas de civismo, jogos de dama e futebol”, ressaltou Ketlyn Vittoria, 13 anos, aluna do programa há dois.

O objetivo da atual gestão é estruturar todas as unidades dos Centros de Convivência para oferecer melhores condições de trabalho aos servidores e qualidade nos serviços prestados às crianças atendidas pelo programa. Com esse propósito, em janeiro o projeto Guarda-Mirim recebeu diversos equipamentos, como móveis e eletrodomésticos.

“Iremos continuar investindo em infraestrutura, superando todas as dificuldades, para prestar um excelente serviço e garantir um futuro melhor para nossas crianças. Acreditamos nesse projeto e por isso nos comprometemos a trabalhar para proteger, amparar e fazer nosso papel social”, enfatizou a secretária de Assistência Social, Mayara Mendanha.