Profissionais de Saúde em Samambaia passarão por capacitação em diabetes

0
51

diabetesMédicos e enfermeiros da Atenção Primária à Saúde de Samambaia participam, nesta terça (5) e quinta-feira (7), de uma capacitação em diabetes, na Clínica da Família da Quadra 302. O objetivo é normatizar o atendimento e os procedimentos feitos com o paciente que tenha a doença.

“Ingressaram muitos servidores na regional. Com isso, vamos rever todas as condutas para uniformizar o atendimento em diabetes na Secretaria de Saúde”, explicou a coordenadora do Programa de Diabetes de Samambaia, Lisya Márcia de Melo Leite.

Nos dias 12 e 14, será a vez dos profissionais da Clínica da Família da Quadra 314, de Samambaia Sul. A expectativa é capacitar em torno de 125 profissionais. O treinamento será das 8h às 12h.

“Para manter a qualidade, nossa equipe tem se empenhado em treinar continuamente nossos servidores dentro dos protocolos e rotinas estabelecidos pela Secretaria de Saúde”, acrescentou a coordenadora-geral de Saúde de Samambaia, Paula Garcia de Araújo.

De acordo com a diretora de Atenção Primária à Saúde de Samambaia, Alexandra Gouveia de Oliveira Miranda Moura, o diabetes é uma doença metabólica que afeta mais de 15 mil moradores de Samambaia.

“O controle da diabetes está ligado a hábitos de vida saudáveis e à assistência prioritariamente na Atenção Primária à Saúde. Por isso, é de suma importância a capacitação desses profissionais e a abordagem dos pacientes diabéticos de forma integral e multiprofissional”, destacou.

A DOENÇA – O Diabetes é uma doença crônica, que apresenta aumento da glicose no sangue em decorrência da deficiência na fabricação de insulina pelo pâncreas.

A doença pode ser de duas formas: tipo 1, comum em crianças e adolescentes, quando o pâncreas deixa de fabricar a insulina, e tipo 2, que ocorre em adultos e, com frequência, em pacientes obesos. Nesse caso, a fabricação de insulina pelo organismo é insuficiente para metabolizar a glicose. A doença acomete todo o organismo, principalmente, os vasos sanguíneos.

Alcoolismo, obesidade, infecções agudas do pâncreas e fator hereditário são algumas das situações que contribuem para o desenvolvimento do Diabetes.

SINTOMAS E TRATAMENTO – O paciente pode apresentar perda de peso, visão turva, possível hálito adocicado, fraqueza e desânimo; ele também passa a beber muito líquido e a urinar com mais frequência.

Lisya Leite orienta que na presença desses sintomas o paciente deve procurar a unidade básica de saúde mais próxima da sua residência para obtenção do diagnóstico e realização do tratamento.

Para controlar a doença é necessário realizar mudanças no estilo de vida, como ter uma alimentação saudável e fazer atividades físicas regularmente acompanhadas do tratamento médico adequado.

GDF