Preso suspeito de adulterar e divulgar fotos de jovens nuas na internet

suspeitoUm funcionário público da prefeitura de Piracanjuba, a 86 km de Goiânia, foi preso em flagrante suspeito de adulterar e divulgar fotos de mulheres em situação constrangedora e de nudez. A detenção foi feita na noite de quarta-feira (2). Com o homem foram encontradas diversas fotos de cunho erótico, além das imagens das vítimas.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito conseguia as fotos das três vítimas, uma menor de 14 e duas maiores, de 23 e 24 anos, procurando em seus perfis de uma rede social. Em seguida, o homem buscava na internet fotos de conteúdo erótico e fazia as montagens no computador, colocando o rosto das jovens em corpos aleatórios em situação de nudez. Todo material era distribuído em redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas.

A polícia chegou ao funcionário público após uma investigação que durou seis meses e começou depois que foram feitas diversas denúncias sobre as publicações na internet. Com ele foram apreendidos um celular e um notebook. Ao analisar os aparelhos, os agentes encontraram as fotos divulgadas na internet, além de outras imagens das vítimas e material de conteúdo sexual.

Segundo a polícia, ao ser preso, o homem confessou que era administrador de um grupo no aplicativo de mensagens que servia para a divulgação das imagens. O suspeito também disse que conhecia as vítimas, que também moram em Piracanjuba. “As vítimas também afirmaram que conheciam o homem e sabiam do crime, mas não denunciaram porque tinham medo dele”, afirmou o delegado responsável pelo caso, Vicente de Paulo Silva e Oliveira.

O suspeito já tem passagens pela polícia por falsidade ideológica, estelionato e formação de quadrilha. Ele foi indiciado por simulação de cenas de sexo com menores, além de ato obsceno e crimes contra a moral e a honra. Se condenado, ele pode ser condenado a até cinco anos de prisão. O homem foi encaminhado para o Presídio de Piracanjuba, onde está a disposição da Justiça.

G1 entrou em contato com a prefeitura de Piracanjuba, mas as ligações não foram atendidas.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios