Bem-vindo(a) à Aparecida de Goiânia
Empreendedorismo

Prefeitura assina convênio com o BB para apoiar empreendedores

Redação
21 de novembro de 2021

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, através das secretarias de Habitação e Cultura, assinou convênio com a Instituição Banco do Brasil para fomentar o empreendedorismo de grupos solidários que trabalham com famílias em situação socioeconômica vulnerável. A parceria também prevê a estruturação da Feira do Artesanato na cidade.

Com recurso da ordem de R$ 400 mil reais repassados pela Instituição Banco do Brasil, a Prefeitura de Aparecida vai licitar todo processo para aquisição de maquinários e insumos necessários para o trabalho de 12 grupos que integram a rede de empreendedorismo que atua em diferentes regiões da cidade.  

Serão beneficiadas cooperativas e associações que atuam em atividades como artesanato, reciclagem, beleza, panificação e outras áreas em residenciais populares. Entre eles, a comunidade quilombola no Jardim das Cascatas. Ao todo, 700 famílias serão contempladas.  

“Este convênio vai gerar oportunidade de emprego e renda para muitas famílias que precisam de ajuda para iniciar ou melhorar as atividades que desenvolvem. Hoje, sem dúvidas, é um dia muito importante e representa esperança para todas elas que batalham em busca de melhorias e têm garra para trabalhar e vontade de crescer”, apontou o prefeito em exercício Vilmar Mariano durante assinatura do termo de cooperação no Centro de Formação Integral no Setor Cidade Vera Cruz.

Secretário de Habitação, Willian Panda, ressaltou durante a solenidade de assinatura do convênio que a iniciativa vai contemplar famílias carentes. “Serão beneficiadas associações que trabalham em residenciais populares. Nossa intenção é que esses grupos de cooperativos possam levar às famílias geração de emprego e renda para que elas possam, por exemplo, conseguir pagar o financiamento de seus imóveis”, lembrou.

Entre os grupos, que compõe a rede aparecidense de empreendedorismo, estão os que se dedicam ao artesanato e atividades culturais. “Esses trabalhadores são importantes para o munícipio e para a economia criativa. O poder público tem a responsabilidade de gerar apoio e facilitar para que o empreendedor possa ter portas abertas para continuar investindo na economia da cidade”, disse o secretário municipal de Cultura, Avelino Marinho.  

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram