Preço do etanol cai nas usinas, mas valor não diminui nos postos de GO

0
95

Redução na indústria de etanol foi de cerca de 30%, segundo sindicato.

O preço do etanol vendido nas usinas de etanol caiu cerca de 30 % em Goiás. Os dados são do Sindicato das Indústrias de Etanol de Goiás (Sifaeg), que justifica a redução com o início da safra da cana, que interfere no valor do produto. Apesar da queda, o preço do etanol vendido nos postos de combustíveis do estado não sofreu redução e chega a ser vendido a R$ 2,99 em alguns estabelecimentos da capital.

De acordo com o Sifaeg, o preço do produto na indústria vem diminuindo desde o final do mês de março. Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Universidade de São Paulo (Usp), em duas semanas, o valor do litro do etanol para vendas internas, que o comercializado pelas indústrias, diminuiu mais de R$ 0,20.

O autônomo Antônio de Lima Júnior, que utiliza o carro para trabalhar e, como consequência abastece o veículo com frequência, fica suspreso com o fato do valor não refletir do comercializado nas bombas de combustíveis.

“É isso que não dá pra entender. Baixa nas usinas, mas nos postos a gente não ta vendo esse resultado”, afirmou.

Em outras regiões do país que produzem etanol, o valor pago pelo consumidor chega a ser R$ 0,60 mais barato do que em Goiás. Em Ribeirão Preto (SP), por exemplo, o litro do combustível caiu R$ 0,50 e é vendido a R$ 2,30. Em Uberlândia (MG) a redução foi de R$ 0,10.

O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de Goiás (Sindiposto) informou que as distribuidoras que compram etanol das indústrias ainda não repassaram os novos valores aos postos. Além disso, o sindicato afirma que o processo é gradativo e que a mínima redução deve ser repassada logo.

De acordo com a entidade, as distribuidoras compram em leilão para vender o produto em 20 dias e esse pode ser este o motivo dos novos valores não terem chegado aos postos.

G1