Policial militar é morto ao impedir assalto a pamonharia, em Anápolis

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

De férias, PM jantava no local com namorada, quando trio anunciou roubo.

O policial militar Sérgio Rodrigues Souza Vaz, cuja idade não foi revelada, morreu ao tentar impedir um assalto a uma pamonharia em Anápolis, a 55 km de Goiânia, na noite de domingo (31). De acordo com a Polícia Militar, o agente, que estava de férias, jantava no estabelecimento com a namorada, que também é policial, quando três suspeitos chegaram e anunciaram o roubo, por volta das 23h.

Ainda segundo a PM, o policial reagiu e chegou a balear dois dos assaltantes, mas também foi atingido por um tiro e morreu na hora. Os suspeitos também não resistiram aos ferimentos. Já o terceiro conseguiu fugir. A namorada da vítima, outros clientes e funcionários não ficaram feridos.

Em nota, a PM lamentou a morte do militar, que estava lotado no 1º Batalhão Rodoviário, em Goiânia, e destacou que ele já tinha 23 anos de serviços prestados. “Estava no excepcional comportamento e continha diversas condecorações, inclusive tendo sido promovido em 2014 por ato de bravura, deixando bem claro seu compromisso com os valores da Polícia Militar do Estado de Goiás”.

Ainda segundo a nota, o policial honrou seu juramento de proteger a sociedade e, “mesmo com o risco à própria vida, reagiu à injusta agressão, frustrando a ação”.

Por fim, a corporação ressaltou as qualidades do militar. “Que Deus lhe dê bom lugar e que este policial, pai de família, trabalhador honesto e honrado, seja lembrado por sua coragem, dedicação, e conduta ímpar”.

Até a manhã desta segunda-feira (1º), o terceiro suspeito permanecia foragido.

G1

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.