Polícia registra três homicídios em cinco horas na Grande Goiânia

0
99

Dois dos crimes ocorreram na capital e um em Aparecida de Goiânia.

homicidioEm menos de cinco horas, três homicídios foram registrados em Aparecida de Goiâniae na capital. Todas as vítimas eram homens. Segundo informações da Polícia Militar, uma dos mortos era travesti e outro foi atingido por 14 tiros.

O primeiro crime aconteceu por volta de 21h de quarta-feira (10) em uma feira livre no Setor Alto Horizonte, em Goiânia. Segundo testemunhas informaram à PM, Johny Micael Machado, de 26 anos, estava no local quando dois homens se aproximaram em um VW Fox de cor prata e efetuaram os disparos. De acordo com os policiais, ele foi atingido por 14 tiros. Os suspeitos fugiram em seguida e ainda não foram identificados.

Cerca de uma hora depois, a Polícia Militar encontrou o corpo de Clayton Gomes de Brito, 35. Ele foi atingido com nove tiros em um depósito de materiais recicláveis no Setor Pedro Ludovico, também na capital. De acordo com a polícia, testemunhas disseram que o autor do crime estava em uma moto amarela, mas não foi identificado. O homem já tinha passagens pela polícia, mas não foi informado por quais crimes.

Já em Aparecida de Goiânia, no setor Garavelo Park, um homem de 30 anos foi morto por pelo menos três tiros. Segundo a polícia, ele foi identificado como Rafael de Silva Sousa e abordado por dois homens em uma motocicleta, à 1h20 desta quinta-feira (11). Policiais que estavam no local informaram que a vítima era travesti. Os suspeitos fugiram sem ser identificados.

Todos os registros foram encaminhados à Polícia Civil. Os homicídios ocorridos em Goiânia são investigados pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), e os ocorridos em Aparecida ficam a cargo do Grupo de Investigação de Homicídios da cidade.

G1