Polícia prende um dos suspeitos de matar funcionário de lotérica em GO

vagabundoA Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (16) um dos suspeitos de matar o funcionário de uma lotérica de Luziânia, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal, há dois meses. O criminoso, de 19 anos, já tem passagem pela polícia por homicídio e estava escondido na casa de um tio, em Minas Gerais. O outro suspeito de ter participado do crime já foi identificado, mas continua foragido. A vítima tinha 27 anos e o crime foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento.

O delegado responsável pela prisão, Rodrigo Mendes, afirma que, ao ser preso, o jovem confessou envolvimento na morte do funcionário junto com o comparsa. “Ele [suspeito] alega que pelo fato das pessoas que se encontravam no interior da lotérica não terem aberto a porta, ficaram chateados e efetuaram os disparos”, disse.

Apesar da confissão, a polícia afirma que já possuía elementos suficientes para deter o suspeito. As investigações começaram logo após o crime e tiveram as imagens da câmeras de segurança como o principal item da apuração.

As imagens registraram o suspeito e o comparsa entrando armados no estabelecimento, rendendo e agredindo o funcionário. Os homens tentaram quebrar o vidro dos caixas e arrombar a porta para chegar até a sala do cofre. Como não obtiveram sucesso, o jovem atirou na vítima. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O jovem foi indiciado por homicídio qualificado. Se condenado, pode ficar preso por até 30 anos.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios