Polícia prende quadrilha especializada em roubo de veículos e tráfico de drogas durante operação

0
230

Polícia Civil prendeu seis suspeitos durante Operação Mercadores

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DERFRVA), desarticulou uma organização criminosa que praticava crimes de roubo de veículos e de tráfico de drogas em Goiânia, Trindade e Varjão. Numa operação denominada “Mercadores”, desencadeada na madrugada desta quarta-feira (26/04), os policiais cumpriram os mandados de prisão contra Domingos Felix de Araújo, de 44 anos; Juscelino José da Rocha, 54; Victor Silva Parente, 20; e Alan Kaique Peres da Silva, 21 anos. Outro integrante da organização já se encontra preso desde o ano passado na Casa de Prisão Provisória, suspeito de homicídio.

De acordo com o delegado adjunto da DERFRVA, José Antônio de Podestá Neto, que coordenou a operação, um outro investigado, Rildo Aguiar de Almeida Junior, de 18 anos, também foi preso por porte ilegal de drogas, mas, foi liberado após ser ouvido pela polícia. Um homem e uma mulher suspeitos de participar das atividades criminosas do grupo continuam foragidos. A organização, segundo declarou, praticava crimes de roubo de veículos e de tráfico de drogas em Goiânia, Trindade e Varjão.

José Antônio de Podestá Neto afirmou que as investigações tiveram início em julho de 2016, quando foi identificado o início das atividades da organização. “Nós começamos as investigações para apurar o roubo de veículos, no entanto, durante o processo de apuração, identificamos uma logística que envolvia o tráfico de drogas e a participação de mais pessoas”, disse o delegado.

Para a operação Mercadores, nesta quarta-feira, a DERFRVA contou com o apoio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) e da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc).

Alguns veículos foram apreendidos com os integrantes e, segundo o delegado Podestá, vai ser apurado se se tratam de roubos ou se foram adquiridos com dinheiro do tráfico. Os detidos devem responder pelos crimes de associação criminosa armada, associação para o tráfico e tráfico de drogas. Eles serão encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos, apresenta organização criminosa que praticava roubo de veículos e tráfico de drogas em Goiânia, Trindade e Varjão: Operação Mercadores foi desencadeada na madrugada desta quarta-feira (26/04)