Polícia investiga se pai provocou acidente que deixou 4 filhos mortos

Ele escreveu carta para a ex dizendo que ela nunca mais veria as crianças.

colisaoA Polícia Civil investiga se foi proposital o acidente automobilístico que provocou a morte de um homem e dos quatro filhos na BR-070, em Cocalzinho de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Segundo o delegado que iniciou a investigação, Renato Sampaio, o pai deixou uma carta para a ex-mulher, que mora em Brazlânida (DF), dizendo que ela nunca mais veria as crianças.

O acidente ocorreu no final da manhã de sábado (24). O motorista de 48 anos e os quatro filhos, sendo três meninos e uma menina, com idades entre 2 e 5 anos, estavam em um Renault Clio que colidiu frontalmente contra um caminhão.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do carro tentou fazer uma ultrapassagem em local permitido, mas acabou batendo no veículo de carga. O delegado acredita que o pai não tentou desviar do caminhão. “Não há marcas de frenagem do carro em que ele estava”, afirmouSampaio ao G1.

O delegado ainda não sabe se houve algum problema mecânico no automóvel. “Ainda temos que aguardar o resultado da perícia e ouvir testemunhas para entender o que de fato ocorreu”, explicou.

De acordo com Sampaio, o motorista do automóvel se separou há pouco tempo da mãe das crianças. Antes do acidente, ele pegou os filhos na casa da ex-mulher para passar o final de semana e, logo depois, houve a colisão.

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Águas Lindas de Goiás, que é responsável por apurar crimes na região onde o acidente aconteceu. No entanto, na segunda-feira (26) a investigação será transferida para a Delegacia de Homicídios do município.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios