Policia Civil prende padrasto suspeito de estupro

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Idoso acusado de estuprar enteada foi preso em Cachoeira Dourada

Policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri) de Itumbiara, coordenados pelo delegado Lucas Finholdt. Realizaram, no dia 18 de julho, a prisão preventiva de um idoso de 60 anos de idade. Investigado por crime de estupro contra a enteada, de 10 anos de idade, em Cachoeira Dourada.

De acordo com as investigações, o crime teria acontecido no início de deste ano. No entanto, a vítima só denunciou ao Conselho Tutelar somente em maio de 2017. O Ministério Público, então, encaminhou os indícios obtidos pelo Conselho Tutelar, inclusive parecer psicossocial, para a Polícia Civil, que representou pela prisão preventiva do investigado.

O investigado foi preso e interrogado em Cachoeira Dourada e, na sequência, encaminhado ao Presídio de Sarandi. Uma medida de condução coercitiva de pessoa foi cumprida simultaneamente. A pena do delito de estupro de vulnerável pode chegar a 15 (quinze) anos de reclusão.

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.