Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 18 de junho de 2021
Polícia

Polícia Civil prende idoso acusado de estelionato

Redação
11 de maio de 2021

Suspeito teria utilizado documentos falsos para negociar a venda da cessão, no valor total de R$ 2 milhões. Detenção foi realizada no momento em que o indivíduo tentava realizar o saque de parte do valor adquirido no crime.

whatsapp image 2021 05 10 at 09.24.32

A Polícia Civil de Goiás prendeu em flagrante um idoso, de 63 anos, suspeito de tentativa de golpe milionário envolvendo precatório da União. A detenção foi realizada por equipes do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC) no último final de semana, em uma agência bancária no Setor Leste Universitário, em Goiânia. O indivíduo foi flagrado no momento em que tentava realizar um saque de R$ 100 mil de um total de R$ 1 milhão, utilizando documentos falsos.

De acordo com o delegado Olemar Santiago, o idoso teria usado o RG e a CNH de outra pessoa, credor de um precatório contra a União no valor de R$2.238.029,16. “Ele abriu uma conta bancária se passando por essa pessoa. Negociou a venda desse precatório – um sistema de pagamento de dívidas de sentenças judiciárias contra algum órgão público – e acabou conseguindo R$ 1 milhão para empresas que compram isso. Para receber esse valor, ele pegou dois cheques de R$ 400 mil e mais um depósito de R$ 200 mil”, informou.

O suspeito, natural do Rio de Janeiro, conseguiu sacar o valor de R$ 5.600,00. Contudo, na segunda tentativa, acabou sendo surpreendido pelos policiais. “O banco suspeitou de uma tentativa de saque de R$ 100 mil naquele dia, de uma pessoa que tinha a agência em outro local e veio aqui em Goiânia fazer isso. Isso chamou a atenção, a equipe foi acionada, se deslocou até lá, conferiu os documentos e de imediato já percebeu uma diferença no RG e no CNH apresentado por ele”.

whatsapp image 2021 05 10 at 11.34.07

As equipes conseguiram descobrir o esquema criminoso milionário, sustar os cheques já emitidos, bloquear o saldo remanescente da transferência e apreender mais de R$ 1.200 com o suspeito. Com a rápida ação, os policiais conseguiram recuperar o valor total de R$ 995.681,00. O idoso, que já possuía passagem pelo crime de homicídio, foi autuado por falsificação de documento público e estelionato consumado. Somadas as penas podem chegar a 17 anos de reclusão.

O suspeito foi recolhido no presídio local e teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, durante audiência de custódia. Ele foi colocado à disposição do Poder Judiciário até a conclusão do trabalho de apuração. “As investigações continuam no intuito de identificar eventuais partícipes do crime”, completou o delegado.

A imagem do suspeito foi divulgada em razão da primazia do interesse público sobre o privado, e pela própria espécie delitiva, que pressupõe o uso de artifícios, como a identidade falsa, para permitir os mais variados tipos de golpes, bem como a possibilidade do investigado ter feito outras vítimas que possam reconhecê-lo como autor de outros crimes de estelionato.

Suspeito teria utilizado documentos falsos para negociar a venda da cessão, no valor total de R$ 2 milhões. Detenção foi realizada no momento em que o indivíduo tentava realizar o saque de parte do valor adquirido no crime.

whatsapp image 2021 05 10 at 09.24.32

A Polícia Civil de Goiás prendeu em flagrante um idoso, de 63 anos, suspeito de tentativa de golpe milionário envolvendo precatório da União. A detenção foi realizada por equipes do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC) no último final de semana, em uma agência bancária no Setor Leste Universitário, em Goiânia. O indivíduo foi flagrado no momento em que tentava realizar um saque de R$ 100 mil de um total de R$ 1 milhão, utilizando documentos falsos.

De acordo com o delegado Olemar Santiago, o idoso teria usado o RG e a CNH de outra pessoa, credor de um precatório contra a União no valor de R$2.238.029,16. “Ele abriu uma conta bancária se passando por essa pessoa. Negociou a venda desse precatório – um sistema de pagamento de dívidas de sentenças judiciárias contra algum órgão público – e acabou conseguindo R$ 1 milhão para empresas que compram isso. Para receber esse valor, ele pegou dois cheques de R$ 400 mil e mais um depósito de R$ 200 mil”, informou.

O suspeito, natural do Rio de Janeiro, conseguiu sacar o valor de R$ 5.600,00. Contudo, na segunda tentativa, acabou sendo surpreendido pelos policiais. “O banco suspeitou de uma tentativa de saque de R$ 100 mil naquele dia, de uma pessoa que tinha a agência em outro local e veio aqui em Goiânia fazer isso. Isso chamou a atenção, a equipe foi acionada, se deslocou até lá, conferiu os documentos e de imediato já percebeu uma diferença no RG e no CNH apresentado por ele”.

whatsapp image 2021 05 10 at 11.34.07

As equipes conseguiram descobrir o esquema criminoso milionário, sustar os cheques já emitidos, bloquear o saldo remanescente da transferência e apreender mais de R$ 1.200 com o suspeito. Com a rápida ação, os policiais conseguiram recuperar o valor total de R$ 995.681,00. O idoso, que já possuía passagem pelo crime de homicídio, foi autuado por falsificação de documento público e estelionato consumado. Somadas as penas podem chegar a 17 anos de reclusão.

O suspeito foi recolhido no presídio local e teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, durante audiência de custódia. Ele foi colocado à disposição do Poder Judiciário até a conclusão do trabalho de apuração. “As investigações continuam no intuito de identificar eventuais partícipes do crime”, completou o delegado.

A imagem do suspeito foi divulgada em razão da primazia do interesse público sobre o privado, e pela própria espécie delitiva, que pressupõe o uso de artifícios, como a identidade falsa, para permitir os mais variados tipos de golpes, bem como a possibilidade do investigado ter feito outras vítimas que possam reconhecê-lo como autor de outros crimes de estelionato.

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram