PMDB vai pedir demissão de Joaquim Mesquita por incompetência

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

A bancada de deputados do PMDB da Assembleia Legislativa de Goiás vai solicitar a demissão do secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, por incompetência e arrogância. Segundo o líder oposicionista, José Nelto (PMDB), o cenário chegou a um ponto insustentável.

“Não dá para aceitarmos este descaso total. O secretário, que obedece ao governador Marconi Perillo (PSDB), desestruturou toda a polícia, acabou com a sensação de segurança em Goiás e, agora, está protagonizando um verdadeiro terrorismo contra os policiais”, afirma Nelto.

Mesquita abriu processos administrativos contra todos os servidores que manifestaram descontentamento contra a falta de compromisso do governo do Estado. O secretário subverteu os fatos e disse que a polícia goiana está “aterrorizando” a população.

A declaração gerou revolta entre os deputados peemedebistas, que saíram em defesa da categoria. “A polícia goiana faz um excelente trabalho e é obrigada a trabalhar por três, devido a falta de efetivos. Eles não possuem estrutura e se arriscam todos os dias pelos goianos. É um absurdo serem alvo da intolerância do secretario”, ressalta líder do PMDB.

O pedido de demissão será formalizado na próxima terça-feira, durante sessão ordinária da Assembleia.

GoiasReal

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.