Plantio de soja está suspenso por três meses no DF

sojaA partir do dia 1º de julho, o Distrito Federal entra no período do Vazio Sanitário da Soja, que se estenderá até 30 de setembro. A medida consiste em eliminar as plantas de soja do solo, inclusive as decorrentes de germinação espontânea, para reduzir a proliferação d do fungo Phakopsora Pachyrizi, causador da Ferrugem Asiática.

A doença, que já acarretou perdas de mais de R$ 4 bilhões nas lavouras brasileiras, é facilmente eliminada dessa forma, uma vez que não haverá plantas no solo da capital para que ela se prolifere. O fungo dessa praga, segundo especialistas, é responsável por até 80% de perda da soja.

De acordo com a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seagri), o Vazio Sanitário é uma medida obrigatória. Os produtores rurais que descumprirem a norma e plantarem a oleaginosa podem receber multa que varia de R$ 15 mil a R$ 50 mil.

Durante os três meses em que vigorar a medida no DF, haverá fiscalização nas propriedades. A pasta, no entanto, pede aos agricultores que auxiliem nesse processo e denunciem agricultores que infringirem a regra.

As denúncias podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo telefone 3051-6422. Para esse procedimento, não é necessário se identificar.

GDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios