Petrobras confirma a renúncia de Graça Foster e diretores da estatal

A saída da diretoria ocorre em meio a uma grave crise na empresa provocada por um esquema de corrupção desbaratado pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato

BRAZIL-ENERGY-OIL-PETROBRAS-CORRUPTION-FOSTERA Petrobras confirmou na manhã desta quarta-feira (4/2) a renúncia da presidente, Maria das Graças Foster, e de cinco diretores da estatal. A saída da diretoria ocorre em meio a uma grave crise na empresa provocada por um esquema de corrupção desbaratado pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato.

Os novos executivos da companhia serão eleitos na próxima reunião do Conselho de Administração, marcada para esta sexta-feira. Com a confirmação da renúncia de Foster, as ações da Petrobras disparam nesta manhã.

A situação de Foster à frente da estatal foi se deteriorando ao longo dos últimos meses com o desenrolar da Operação Lava-Jato e tornou-se insustentável após a divulgação do balanço da empresa na semana passada. Na tarde de ontem, Graça foi fotografada no Aeroporto de Brasília, mas não deu declarações à imprensa.

Ações

Por volta das 11h, as ações ordinárias da Petrobras subiam 7,25%, a R$ 10,50. Já as preferenciais saltavam 6,40%, a R$ 10,64.

Confira a íntegra do comunicado da Petrobras, em resposta a um questionamento da Bolsa de Valores de São Paulo (BMF&Bovespa) e da Comissão de Valores Mobiliários (CMV) sobre os rumores de mudança na diretoria da estatal:

“A Petrobras informa que seu Conselho de Administração se reunirá na próxima sexta-feira, dia 06.02.2015, para eleger nova Diretoria face à renúncia da Presidente e de cinco Diretores”.

Correiobraziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios