Paulo Garcia pode excluir até 10 secretarias em nova reforma administrativa

0
80

pauloO prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), garante que fará, ainda neste ano, uma reforma administrativa “ampla e definitiva” na estrutura municipal. Entre as mudanças está a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), fonte de constantes problemas de gestão e corrupção, que deve ser transformada em secretaria.

As mudanças têm a intenção de reduzir despesas e aumentar o controle do prefeito sobre os órgãos. Ele explicou, em entrevista exclusiva à 730. “Nós vamos propor através de uma nova reforma administrativa agora uma nova organização. Nós não temos ainda o projeto definitivo, mas nós desejamos fazer uma reestruturação da companhia,” revela.

Questionado, o prefeito estima que a nova reforma administrativa pode resultar no corte de até 10 secretarias municipais. Segundo ele, a quantidade de secretarias que serão excluídas ainda não está definida, mas garante que será a maior reforma da história do município.

A expectativa é de que o projeto de Reforma Administrativa seja enviado à Câmara Municipal ainda no próximo mês de setembro. Mas a intenção é iniciar o ano de 2015 com a estrutura reduzida.

730