Pai de jovem decapitado não notou ‘comportamento diferente’, diz polícia

Ele reconheceu o filho e disse que o viu pela última vez entrando em ônibus.

decapitadoA Polícia Civil já identificou o corpo do jovem encontrado decapitado, na terça-feira (14), em frente a estação ferroviária de Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, o pai da vítima foi ao local e reconheceu o filho, que tinha 21 anos, estava desempregado e morava com ele no Setor Parque Trindade, em Aparecida de Goiânia, também na Região Metropolitana.

Em depoimento, o familiar afirmou que não notou nenhum “comportamento diferente” do filho nos últimos dias.

“Ele me disse que a última vez que o viu foi às 19 horas de segunda-feira (13), pegando um ônibus no setor onde mora com destino ao Terminal da Praça da Bíblia. O pai afirmou ainda que não teve nenhum problema com o filho recentemente e que não tinha informações que ele estaria sendo ameaçado”, disse ao G1 o delegado Alexandre Alvim, responsável pelo caso.

Ao delegado, o pai confirmou que o filho era usuário de drogas, mas não tinha antecedentes criminais. Por enquanto, a principal suspeita é de que o homicídio tenha sido provocado por um acerto de contas relacionado ao tráfico de entorpecentes. A polícia vai ouvir outros familiares da vítima para dar prosseguimento à investigação.

O delegado acredita que o jovem já havia sido morto quando o corpo foi deixado em frente a estação e, no local, foi decapitado. “Porém somente a perícia, que deve ficar pronta em 30 dias, vai esclarecer essa questão”, pontua.

O corpo foi encontrado por moradores, que acionaram a Polícia Militar. Testemunhas disseram que não havia marcas de sangue junto ao corpo ou à cabeça, que estava entre os trilhos. A Polícia Técnico Científica realizou uma perícia no local e o Instituto Médico Legal (IML) efetuou a retirada da vítima.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios