Aparecida de Goiânia, quarta-feira, 22 de setembro de 2021
Democracia

Oposição prepara ato unificado contra Bolsonaro no dia 2 de outubro

Redação
11 de setembro de 2021

Partidos e movimentos populares de esquerda aguardam a definição da data de entrega do relatório final da CPI da Pandemia para marcar a próxima manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Dessa forma, a pressão sobre o mandatário seria ainda maior e forçaria o Congresso Nacional a avançar no impeachment.

::: Editorial | Por que defendemos o impeachment de Bolsonaro :::

O relatório da CPI deve ser divulgado até 30 de setembro. Portanto, a manifestação contra Bolsonaro pode ocorrer no final de semana dos dias 2 e 3 de outubro, quando o descontentamento com o presidente da República deve aumentar, com a notícia de seu indiciamento.

“O esforço maior da esquerda é tentar fazer uma agenda permanente de ocupação das ruas do país. Nós ainda não batemos o martelo se será o dia 2 ou 3, porque depende dos partidos de oposição; indicamos o dia 2, que é justamente pós o relatório da CPI, que pode ser uma manifestação que sinalizará ao governo os problemas sociais que vive nosso povo”, afirma João Paulo Rodrigues, da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

De acordo com o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Pandemia, em entrevista ao Brasil de Fato, o texto final deve imputar crime de responsabilidade ao presidente por conta da gestão da crise gerada pelo coronavírus. Bolsonaro pode ser indiciado, segundo o parlamentar, por charlatanismo, curanderismo e propaganda enganosa.

Para além do relatório, Rodrigues enumera outras pautas, que devem aparecer nos atos. “Vamos trabalhar nas próximas mobilizações, o preço da luz, do combustível, do gás, o preço dos alimentos e a fome. É importante manter o Fora Bolsonaro na linha de frente, mas tem que estar combinado com os problemas do nosso povo.”

A sugestão da data mencionada pelo dirigente do MST já aparecia na nota divulgada pela Campanha Nacional Fora Bolsonaro, na última sexta-feira (10). “Em sintonia com os partidos de oposição que se reuniram e apontaram a construção de mobilizações para o início do mês de outubro, indicamos o dia 2 de outubro como data da próxima mobilização por Fora Bolsonaro e Impeachment já.”

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram