O sal do Himalaia trata mais de 20 doenças e não aumenta a pressão arterial

O sal do Himalaia é o mais saudável e mais puro sal do mundo.

Desde os tempos antigos, é um dos alimentos mais valiosos na dieta humana.

Ao contrário de sal refinado, é rapidamente metabolizado e não aumenta a concentração de sódio e potássio no sangue e, por isso, não eleva a pressão
Composição do sal do Himalaia
Ele contém 84 preciosos elementos que são encontrados em nosso corpo, fornecendo, assim, todos os minerais necessários e essenciais.

Os minerais encontrados no sal do Himalaia são de ótima assimilação pelo nosso organismo.

Sua estrutura molecular contém sódio, cálcio, magnésio, e ferro, são necessários para o metabolismo celular correto.

Sal do Himalaia tem mais de 250 milhões de anos.

Originou-se nas cavernas do Himalaia, de onde as pessoas ainda hoje o extraem manualmente.

Ele é seco naturalmente no sol e, depois da secagem, é embalado em sacos especiais, para manter a sua pureza.

O sal do Himalaia é utilizado em quantidades bem pequenas, porque tem um sabor bastante intenso e, assim sendo, sua dose de consumo diário é menor.

Sal do Himalaia como medicamento
Historicamente, o sal do Himalaia sempre foi considerado extremamente valioso.

Ele era usado pela aristocracia desde os tempos antigos e era chamado de “ouro branco”.

Aqui estão algumas das suas vantagens para a saúde:

– É facilmente absorvido e evita a desidratação do organismo.

– Regula o nível da água e eletrólitos do corpo.

– Regula o nível de açúcar no sangue e previne o desenvolvimento de diabetes.

– Ajuda a regular o metabolismo e os processos digestivos.

– Equilibra o pH das células.

– Previne o envelhecimento do organismo.

– Apoia a saúde do trato respiratório, especialmente os seios paranasais.

– Ele ajuda a fortalecer os ossos, especialmente os das crianças em crescimento.

– Regenera as células do cérebro e ajuda a melhorar a
concentração e o sono saudável.

– Previne cãibras musculares.

– Melhora a circulação sanguínea e contribui para a saúde do sistema vascular.

– Ele contribui para a desintoxicação e purificação do sangue.

– Ele melhora o funcionamento do fígado e dos rins.

– Ele também pode ser usado para inalação no caso de problemas de sinusite, dor de garganta, asma ou bronquite.

– Contribui para a melhoria de todo o nível de energia do corpo.

Usado sem excessos, não há nenhum efeito negativo – ele não prejudica nem os rins nem o estômago e rins.

E o sabor dos alimentos é mais natural quando se utiliza o sal do Himalaia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por segurança, é necessário o uso do serviço reCAPTCHA do Google, que está sujeito à Política de Privacidade e aos Termos do Google. de uso .

I agree to these terms.

VOCÊ PODE GOSTAR