Noivas dizem que empresa sumiu após pagamento de serviços em GO

casaNoivas denunciam que sofreram um golpe de uma empresa que organiza casamentos em Inhumas, na Região Metropolitana de Goiânia. Elas afirmam que, após pagar pelo serviço, a proprietária do cerimonial sumiu e fechou o escritório.

Com casamento marcado para o próximo dia 26, a professora Gracielly da Silva Cunha está desesperada. Ela pagou R$ 6 mil para a o serviço de buffet, conforme o contrato registrado em cartório. “Meu contrato está fechado desde 28 de novembro do ano passado. E agora a gente não tem condição de pagar outro valor para outro buffet”, reclama.

Outra vítima da empresa é Joelma Alves e Silva. O casamento dela está marcado para novembro deste ano, mas a noiva já havia contratado o buffet. “Nós estamos procurando ela já tem semanas, nós vamos à casa dela, no escritório, na casa dos pais e nós não temos respostas. Nós estamos correndo atrás de outros profissionais”, afirma Joelma.

A sede da empresa está fechada. Do lado de fora é possível ver que pertences continuam no local, como mesas e aparelhos de jantar. As noivas afirmam ainda que a proprietária do cerimonial não atende ao celular, muito menos o telefone do escritório.

Como as noivas não encontraram a empresária, elas registraram o golpe em uma delegacia de polícia. O caso será analisado pela Polícia Civil. Se comprovada a fraude, a contratada poderá responder por estelionato ou desacordo comercial.

A especialista em direito do consumidor Sara Ximenes orienta aos clientes que desconfiem de empresas que cobram um preço muito abaixo do mercado pelo serviço. “Tenha um contrato por escrito. Esse contrato tem que constar tudo. Se o valor for diferente demais do que está sendo pactuado normalmente no mercado, provavelmente isto é um golpe. Não existe negócio da China”, explica a especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios