Moradores fecham rodovia abandonada e cobram reforma

Revoltados com o descaso do governo estadual, moradores atearam fogo em pneus e fecharam o trânsito nos dois sentidos da GO-462, uma das saídas da capital, que liga Goiânia a Santo Antônio e Nova Veneza. Os manifestantes cobram do Estado reparos na rodovia, em especial no trecho próximo a Universidade Federal de Goiás (UFG), na saída da capital. Ao vivo, o Jornal Anhanguera 2ª Edição registrou a manifestação no início da noite desta terça-feira, 12.

Devido ao grande número de buracos na rodovia, que aumenta o risco de acidentes no local, moradores cobram que a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) faça pelo menos um serviço de tapa-buracos na via. De acordo com uma telespectadora da TV Anhanguera, o pior trecho fica entre a UFG e o setor Orlando de Morais, ainda na capital.

Em nota à TV Anhanguera, a Agetop afirmou que irá reformar a rodovia assim que terminar o período chuvoso (que só termina em meados do mês de abril). A Agetop disse também que trocará cerca de 20 quilômetros de asfalto entre Goiânia e Santo Antônio no primeiro semestre desse ano. Moradores ouvidos pela emissora não concordam com o prazo estipulado pela Agetop e afirmam que novas manifestações serão realizadas no local até que o órgão decida tomar providências.

Veja aqui a reportagem do Jornal Anhanguera 2ª Edição.

GoiasReal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios