Ministério suspende emissão de Carteira de Trabalho em Goiás

Serviço será paralisado em todo o estado de dezembro ao início de janeiro.

sam_0175_1A emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) será suspensa em Goiás até 5 de janeiro do ano que vem. De acordo com o Ministério do Trabalho, o serviço será paralisado no interior do estado a partir do dia 1º de dezembro. Em Goiânia e Região Metropolitana, a suspensão começa a valer no dia 6 de dezembro.

Segundo o órgão, a interrupção no serviço é necessária para que seja instalada uma nova versão de um sistema informatizado que dará início ao novo processo de emissão do documento. “A Carteira de Trabalho não terá mudança na legislação nem no uso. A mudança é na sistemática de emissão”, explica o superintendente do Ministério do Trabalho em Goiás, Arquivaldo Bites.

Ele afirma que o novo processo irá unificar os sistemas do Programa de Integração Social (PIS), Seguro Desemprego e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), além de ser digital, o que trará agilidade à emissão das carteiras. Segundo Bites, o prazo para quem emite o documento na capital deve cair de 5 a 10 dias para a entrega no mesmo dia ou no dia seguinte ao requerimento.

O Ministério do Trabalho recomenda que as pessoas que buscam emprego e ainda não possuem o documento busquem as unidades emissoras ainda nesta semana. “Historicamente, as semanas próximas ao Natal e Ano Novo são as que têm menor procura, então, se deixou para fazer a paralisação nesse período para ter menor impacto possível”, explica Bites. Ele indica que mesmo aqueles que ainda não têm emprego em vista façam o processo como precaução.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios