Médico é preso por usar máquina roubada em tratamento de estética

0
150

Dermatologista foi detido em sua clínica, no Setor Sul, em Goiânia.

A Polícia Civil prendeu um médico dermatologista de 36 anos suspeito de comprar e utilizar uma máquina roubada em tratamentos de estética, em Goiânia. Segundo a polícia, o equipamento é avaliado em R$ 75 mil e foi roubado em julho deste ano em Itumbiara, região sul do estado.

De acordo com a delegada do 1º Distrito Policial da capital, Jocelaine Braz Batista, a máquina, do modelo Cool Shaping, utilizada em tratamentos de queima de gorduras localizadas, estava sendo usada na clínica do dermatologista, que fica na Rua 86, Setor Sul, em Goiânia. Segundo ela, o médico negou que tenha comprado o equipamento.

“Ele disse que estava fazendo um teste com a máquina, que teria sido repassada por um cunhado dele”, contou a delegada.

Conforme ela diz, o roubo do equipamento estava sendo investigado há 3 meses pela polícia de Itumbiara, que conseguiu localizar a clínica do médico.

Em julho deste ano, o carro do dono da máquina, que também é médico, foi abordado por um grupo de assaltantes que roubaram o veículo com o equipamento dentro.

Jocelaine afirma que o médico preso deve ser indiciado pelo crime de receptação qualificada, já que, além de ser suspeito de comprar a máquina roubada, o produto estava sendo utilizado regularmente pela clínica. “Caso seja condenado, com certeza ele deve pegar cerca de 8 anos de prisão”, revelou a delegada.

O suspeito está preso na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). Segundo a delegada, o crime é inafiançável e ele deve permanecer detido até a audiência de custódia, marcada para a tarde desta quarta-feira (18). Jocelaine acredita que, por não ter outras passagens pela polícia, o médico pode responder ao processo em liberdade.

G1