Marconi transforma educação em problema da Segurança Pública

0
71

O governador de Goiás, Marconi Perillo, decidiu transferir de vez as responsabilidades do Estado na área de Educação. Depois de bater o martelo pela terceirização da gestão de 26 escolas do Entorno do Distrito Federal (DF), por meio das Organizações Sociais (OSs), o tucano-chefe enviou à Assembleia Legislativa na quinta-feira projeto de lei para transformar em miliares oito escolas estaduais da Região Metropolitana de Goiânia.

O jornal O Popular deste sábado, 27, informa que a prioridade do projeto é total e as escolas devem começar 30 dias depois da aprovação. A meta é que até o fim do ano 24 novas unidades educacionais sejam militarizadas, chegando a 43 no Estado. Assim, Goiás se tornará a unidade da federação com maior número de instituições de ensino de cunho militar no País.

O tucano se ampara no discurso de que a disciplina resolverá os problemas que as escolas goianas enfrentam. O que Marconi quer mesmo são resultados considerados positivos nos questionáveis índices que medem a qualidade do ensino. O governador parece ter se esquecido que está no poder desde 1999 e que os problemas de hoje são fruto de sua própria irresponsabilidade.

Goias Real