Marconi paga mico em divulgação do ranking de competitividade

0
73

Campeão mundial de bravatas, o governador Marconi Perillo (PSDB) passou por um inesperado dissabor na tarde de quarta-feira, 18, em São Paulo. O tucano foi a um evento do Centro de Liderança Pública (CLP) sobre o ranking nacional de competitividade entre os estados, na sede do Ibovespa. O anúncio, porém, frustrou Marconi: Goiás deixou de ser o 9º Estado mais competitivo e passou para o 10º lugar.

Com informações de que Goiás teria um salto nesse ranking, Marconi fez propaganda do evento antecipadamente – seu staff passou o dia nas redes sociais anunciando a participação do governador no evento e que o ranking de competitividade era mais importante até que o Produto Interno Bruto (PIB), como afirmou o secretário de Gestão e Planejamento, Thiago Peixoto.

De acordo com o Giro, de O Popular, Marconi acreditava que Goiás avançaria uma posição nesse ranking, o que motivou toda a propaganda. Palacianos culparam a utilização de nova metodologia pelo CLP para a derrocada. Após o vexame, Marconi não se deu por vencido. Anunciou uma maior cobrança ao Goiás Competitivo (?), programa requentado da gestão anterior e lançado por ele com ares de novidade na semana passada.

GoiasReal