Marconi está com medo de perder concessão da água em Goiânia

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

A concessão dos serviços de água e esgoto esta vencida desde 2010 em Goiânia

O governador Marconi Perillo (PSDB) reuniu-se na manhã de terça-feira, 19, com 13 vereadores da capital ligados ao governo. O tucano pediu apoio e demonstrou estar muito preocupado com a renovação da concessão dos serviços de água e esgoto pela Saneago em Goiânia. Vencida em 2010, a concessão pertence ao município que pode assumir os serviços ou fazer nova licitação.

Aos vereadores, Marconi garantiu que não há planos de terceirização dos serviços na capital e reforçou que o projeto de lei, que tramita na Casa, é de grande interesse do Palácio. A realidade, porém, é outra. No governo já há estudos em andamento para transferir os serviços para empresas privadas – a empreiteira Odebrecht tem grande interesse na concessão. É uma das possibilidades que Marconi encontrou para melhorar o combalido caixa do governo.

A Prefeitura de Goiânia tem uma joia nas mãos. Se retomar a concessão, irá administrar os serviços com a criação de uma empresa municipal de água e esgoto ou poderá ainda fazer uma nova licitação, terceirizando por valores altíssimos a concessão na capital. Resta saber se o prefeito Paulo Garcia e os vereadores agirão de acordo com os interesses de Goiânia ou se irão presentear o governador Marconi Perillo. Daí tamanha preocupação do tucano.

GoiasReal

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.