Marconi determina que 13º salário do servidor seja pago só em janeiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

O governador Marconi Perillo (PSDB) e o vice-governador José Eliton (PSDB) tomaram a decisão de não pagar a segunda parcela do 13º salário do servidor público no mês de dezembro, como de praxe. A primeira parcela, como se sabe, é paga no mês de aniversário do servidor. A segunda parcela sempre foi paga no mês de dezembro.

O 13º salário está regulamentado pela lei trabalhista 4.090/62 juntamente com a Lei 4.749/65. Por ela, 100% do 13º salário tem de ser pago até o dia 20 de dezembro de cada ano.

Nada disso, no entanto, é respeitado por Marconi, por José Eliton e pela secretária Ana Carla Abrão. Os três resolveram que o tesouro estadual vai pagar a segunda parcela do 13º salário, referente a 2015, apenas no dia 10 de janeiro de 2016. A medida vale para servidores efetivos, comissionados, temporários e celetistas (alguns servidores de agências e empresas estaduais são celetistas).

Embora a medida de pagar o 13º até dia 20 de dezembro tenha sido extinta pelo próprio governador em lei de janeiro de 2006, o artigo 209 do Estatuto do Servidor Público, que é de 2010, garante o pagamento até 20 de dezembro. Sem contar que a revogação da legislação por parte do governador só afetou o Poder Executivo e, hoje, nenhum servidor dos três poderes ainda recebeu a segunda parcela do 13º.

Enquanto várias prefeituras (como as de Goiânia, Anápolis e Aparecida) e o governo federal já pagaram o 13º integralmente (ou seja, pagaram as duas parcelas), o Estado só deve pagar a segunda parcelada de concursados e comissionados (a primeira é paga no mês de aniversário ou em julho) em janeiro, assim como o salário de dezembro.

A própria secretária anunciou no Twitter o calendário de pagamento para 10 de janeiro. “O 13º obedece à mesma regra: se 13º mais a soma do salário líquido não superarem 3500, o pagamento será no dia 30 de dezembro. Se superar, será dia 10 de janeiro”, afirmou.

GoiásReal

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.