Maguito solicita celeridade da Saneago na ampliação da rede de água tratada em Aparecida

aparecidaO prefeito Maguito Vilela (PMDB) coordenou nesta quarta-feira, 9, na sede da Prefeitura de Aparecida de Goiânia, reunião de trabalho entre representantes da Câmara Municipal, Saneago, Caixa Econômica Federal e Odebrecht Ambiental com o objetivo de acelerar as obras de ampliação da rede de água tratada e serviço de coleta e tratamento de esgoto no município.  “O Ministério das Cidades não libera projetos de pavimentação sem ter pelo menos a rede seca de água tratada nos setores. Por isso precisamos acabar com esse gargalo que impede o desenvolvimento do nosso município e reduzir esse prazo para que possamos implantar o asfalto em todas as ruas habitadas de Aparecida”, explicou o prefeito.

“Recebemos a cobrança de asfalto, água e esgoto por parte dos moradores todos os dias. E para honrar com nossos compromissos, pedimos que a Saneago implante a rede de água e esgoto no município o quanto antes, pois os recursos já foram disponibilizados e com esforço conjunto iremos sanar o problema de asfalto no nosso município”, pontuou Maguito.

De acordo com a secretária de Elaboração de Projetos e Captação de Recursos de Aparecida de Goiânia, Valéria Pettersen, a estatal goiana possui cerca de R$ 224 milhões para universalizar o serviço de água tratada, mas ainda não realizou licitação para executar as obras. “Caso a Saneago não acelere as obras em Aparecida, podemos chegar ao impasse da prefeitura possui recursos financeiros para asfaltar, mas não poder fazer as obras, porque a Caixa Econômica Federal não libera recursos financeiros para pagar o asfaltamento de ruas sem rede de água e esgoto”, alertou Valéria Pettersen.

Conforme o representante da Saneago, a perspectiva é que até 2016 todo o sistema de água seja universalizado em Aparecida e que até 2018 essa universalização aconteça com a rede de esgoto. A Prefeitura de Aparecida possui recursos financeiros, por exemplo, para asfaltar os setores Jardim Dom Bosco, Itapuã, Bairro Cardoso, Parque Veiga Jardim 1 e Jardim Florença, mas aguarda a implantação da rede de água tratada por parte da estatal goiana.

Presenças – Também estiveram presentes os secretários Mário Vilela (Infraestrutura), Adriano Montovani (Trabalho), Raul Coutinho (Licitação) e Léo Mendanha (ASA). E os vereadores Arnaldo Leite (PMDB), Elio Bom Sucesso (PTB) e Edilson Ferreira (PMDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios