Lutador acusado de matar enteado vai a júri popular nesta semana

0
264

O ex-professor de artes marciais Daryell Dickson Menezes Xavier, suspeito de matar o enteado de 1 ano e 11 meses, em 2014, é acusado por homicídio doloso

O ex-professor de artes marciais Daryell Dickson Menezes Xavier, acusado de matar o enteado Miguel Estrela, de 1 ano e 11 meses, vai enfrentar o Tribunal do Júri de Taguatinga na próxima quarta-feira (17/6).

De acordo com denúncia do Ministério Público do DF e dos Territórios, a criança teria sido agredida pelo padrasto em 27 de março do ano passado. Por volta de meio-dia, o professor de jiu-jitsu esperou a companheira sair da residência e agrediu fisicamente o bebê, causando as lesões que o levaram à morte. O processo corre em segredo de Justiça. Miguel chegou a ser socorrido e ficou dois dias no hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo o MP, o crime teria sido praticado por motivo fútil e de forma cruel, demostrando uma brutalidade fora do comum. Segundo a apuração, o réu estava no interior da residência quando passou a agredir a criança, que entrou em convulsão. Após ser levada para o hospital, constataram-se as lesões sofridas, dentre elas traumatismo craniano.

Correiobraziliense