Jovem morre após levar suposto tiro acidental de PM temporário

Soldado manuseava arma de agente prisional, quando houve disparo.

a_3O jovem Liberato Carrijo Neto, de 28 anos, morreu no domingo (19) ao levar um tiro acidental durante uma reunião de amigos em Itumbiara, no sul goiano. Segundo a Polícia Militar, o tiro foi disparado por um amigo da vítima, que é soldado do Serviço de Interesse Militar Voluntário Estadual (Simve) e manuseava a arma de outro colega, que é agente penitenciário.

O soldado e o agente fugiram e seguem foragidos. A arma usada no crime também não foi localizada.

De acordo com o boletim de ocorrência, o agente penitenciário tirou o carregador da arma para entregar ao amigo. Entretanto, uma munição ficou na pistola e o soldado a disparou ao manusear a arma.

A vítima chegou a ser encaminhada a um hospital de Itumbiara, mas não resistiu ao ferimento. A polícia não tem informações se os amigos consumiram bebida alcoólica durante o evento.

A PM faz buscas pelos suspeitos. De acordo com o comandante do policiamento da cidade, tenente-coronel Daniel Gomes Pereira, familiares informaram que eles vão se apresentar na quarta-feira (22).

O comandante do policiamento de Itumbiara informou que a Corregedoria da Polícia Militar vai investigar a conduta dos suspeitos. “Conforme as circunstâncias que o delegado de polícia atribuir vamos determinar o recolhimento ou que ele responda em liberdade, mas fora das ruas, cumprindo serviço administrativo”, disse ao G1.

A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) informou que o órgão não tomará nenhuma medida porque o acidente aconteceu fora da Unidade Prisional de Bom Jesus, onde o agente penitenciário está lotado. O crime é investigado pela Polícia Civil.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios