Jovem é preso suspeito de matar o pai e atear fogo em casa, em Goiânia

Rapaz confessou à polícia ter usado capacete para golpear e matar vítima.

paifilhoUm jovem de 19 anos foi preso na madrugada desta quarta-feira (1º) suspeito de matar o próprio pai, de 40 anos, a golpes com capacete, na casa em que eles moravam na Vila São Francisco, em Goiânia. O caso foi descoberto porque o suspeito ateou fogo na residência e vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros. Ao chegar ao imóvel, a corporação encontrou o corpo do homem e acionou a Polícia Militar.

O jovem confessou aos policiais a autoria do homicídio. Ele relatou, ainda, que após o crime, usou perfume e isqueiro para atear fogo em um colchão. O objetivo era incendiar o imóvel e, assim, queimar o corpo do pai. No entanto, o Corpo de Bombeiros chegou a tempo de conter as chamas.

Responsável pelo caso, o delegado Matheus Costa, da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), disse que tudo leva a crer que o homem morreu com os golpes de capacete, mas ainda não descarta que o óbito tenha ocorrido devido ao incêndio.

“Pelo local de crime, pelo o que a gente apurou ali, pelo estado do crânio do pai, a gente acredita que ele foi morto com as capacetadas, mas a gente tem que aguardar o laudo pericial para falar se ele foi queimado vivo ou se já estava morto quando foi queimado”, explicou.

De acordo com o delegado, pai e filho consumiram bebidas alcoólicas horas antes do crime. O investigador apurou também que eles discutiram. No entanto, ainda não se sabe a motivação da briga. O jovem foi encaminhado para a DIH, onde segue detido.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios