Jovem chegava de táxi para roubar lanchonete em Goiânia, diz polícia

Segundo funcionárias, local foi assaltado várias vezes pelo suspeito.

assaltoUm açougueiro de 27 anos foi preso suspeito de assaltar diversas vezes uma lanchonete na Avenida Rio Verde, em Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, ele costumava ir até o local com frequência munido de uma faca, recolhia o dinheiro do caixa e dos clientes. Para chegar e ir embora, ele pegava um táxi. “Esse era um instrumento que ele utilizava para não ser localizado, já que a polícia nunca iria desconfiar de um táxi próximo ao local de um assalto”, afirmou o delegado Waldir Soares, do 8º Distrito Policial.

O açougueiro foi preso na quarta-feira (12), depois tentar roubar a lanchonete mais uma vez. Uma das funcionárias, que não quis se identificar, contou que, nesta semana, essa já era a quarta ação do suspeito no local. “Ele veio domingo, segunda, terça e hoje [quarta-feira]. Ele é cara de pau e chegava à loja como um cliente normal”, disse.

Segundo a mulher, de tanto que roubava o estabelecimento, o suspeito já conhecia as atendentes e já chegava fazendo exigências. “Ele reconhecia as funcionárias, porque ele exigia ser atendido pela que ele queria”, relatou. No entanto, da última vez, as atendentes conseguiram acionar a polícia e o homem foi preso em flagrante.

O delegado afirma que rapaz recorria a táxis diferentes para os roubos e que os motoristas não sabiam das ações criminosas cometidas pelo açougueiro. Ele que dizia que iria apenas comprar um lanche e que pagaria pela corrida na volta. “O suspeito usava esse disfarce para ludibriar a polícia”, disse Waldir, que ressaltou que o homem já tinha duas passagens por roubo e será investigado por outros crimes na capital.

Segundo o delegado, o jovem vai responder por roubo. Após prestar depoimento, ele será levado para a Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios