José Aldo sofre fratura na costela, faz exames, e pode deixar o UFC 189

0
60

Campeão peso-pena do UFC estava treinando no Rio de Janeiro, nesta terça-feira, quando sofreu a lesão. Dois exames feitos esta tarde confirmaram o diagnóstico

O maior pesadelo do UFC em 2015 está próximo de acontecer. Durante os treinos na manhã desta terça-feira, na equipe Nova União, no Rio de Janeiro, o campeão peso-pena da organização, José Aldo, sofreu uma fratura na costela. O lutador passou por dois exames, incluindo uma tomografia computadorizada, que constataram a gravidade da lesão, e já iniciou o tratamento intensivo. Sua presença no UFC 189, que acontece no dia 11 de julho, e no qual defenderá o seu cinturão diante o irlandês Conor McGregor, está ameaçada, já que o período de recuperação para lesões nas costelas são de três a quatro semanas, além de repouso e medicação com anti-inflamatórios. O evento é considerado o maior do ano, e a luta entre os dois é apontada como a de maior expectativa desde a revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen no UFC 148.

Segundo informações de fontes próximas à equipe de José Aldo, um de seus companheiros de treino tentou aplicar um chute rodado durante o “sparring”, mas escorregou e o golpe acertou na altura da costela do campeão. Aldo, que chegou a chorar, deixou o treino imediatamente com dores no local, mas sem dificuldade de respirar, que é comum em lesões na costela.

Combate.com