Jackson Follman, goleiro sobrevivente da Chapecoense chega ao Brasil

0
335

O goleiro Jackson Follmann, um dos sobreviventes do acidente com o voo da Chapecoense, deve passar por uma cirurgia no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para onde foi levado no início da madrugada de hoje (13). Ele chegou à capital paulista em voo especial equipado com unidade de terapia intensiva (UTI) procedente de Medellín, na Colômbia. O avião fez escala em Manaus e aterrissou no Aeroporto de Congonhas, na zona sul da cidade, pouco depois da meia-noite.

Follmann é o primeiro sobrevivente da tragédia a retornar ao país. A queda do avião, ocorrida em Medelim, no dia 29 de novembro, deixou 71 mortos e seis sobreviventes, dos quais quatro são brasileiros e dois, bolivianos. No voo de volta ao Brasil, o jogador veio acompanhado por uma equipe médica, incluindo o médico do clube, Marcos Sonaglio, e por um parente.

De acordo com o hospital, o primeiro boletim médico deve ser divulgado no início da tarde de hoje. O jogador teve parte de uma das pernas amputada e precisa ser submetido a procedimento para corrigir uma lesão na coluna.

O jogador Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel se recuperam bem e devem retornar hoje à noite ao Brasil em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB). A previsão é que a aeronave VC-99 Legacy chegue por volta das 21h em Chapecó, Santa Catarina. O avião será adaptado com duas UTIs móveis. Os pacientes serão acompanhados por médicos da Chapecoense e da FAB,  especializados em transporte aeromédico.